Repositório Digital

A- A A+

O desenvolvimento de marcadores para a avaliação da personalidade no modelo dos cinco grandes fatores

.

O desenvolvimento de marcadores para a avaliação da personalidade no modelo dos cinco grandes fatores

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O desenvolvimento de marcadores para a avaliação da personalidade no modelo dos cinco grandes fatores
Outro título The development of the big five markers for personality assessment in Brazil
Autor Hutz, Claudio Simon
Nunes, Carlos Henrique Sancineto da Silva
Silveira, Alice D.
Serra, Jovana G.
Anton, Márcia Camaratta
Wieczorek, Luciane S.
Resumo O objetivo deste trabalho foi desenvolver marcadores para a avaliação da personalidade no Modelo dos Cinco Grandes Fatores para uso no Brasil, funcionalmente equivalente ao inventário de Goldberg (1992). Participaram deste estudo 976 estudantes de diversas universidades da região sul do Brasil, de ambos os sexos. Os sujeitos se auto-descreveram, respondendo a um instrumento previamente desenvolvido, que continha 96 termos (adjetivos) obtidos através de um estudo piloto que examinou cerca de 180 descritores de traços frequentemente utilizados em português. Esses termos foram também considerados por juízes como descritores dos cinco fatores. Análises fatoriais, utilizando diferentes métodos de extração, mostraram que uma solução de 5 fatores é apropriada. Independentemente do método de análise, a estrutura fatorial dos itens se mantém estável. Os fatores extraídos correspondem aos descritos na literatura. O primeiro fator foi "Socialização" ("agreableness"), seguido por "Extroversão", "Escrupulosidade" ("conscientiousness"), "Neuroticismo" e "Abertura para Experiência". Os resultados mostraram ainda que os marcadores retidos formam escalas psicometricamente adequadas.
Abstract The aim of the present paper was to develop markers for personality assessment within the framework of the Big Five Personality Factors Model in Brazilian Portuguese that are functionally equivalent to those developed by Goldberg (1992). The participants were 976 students of both sexes of several universities in southern Brazil. Subjects described themselves using 96 adjectives which were previously obtained in a pilot study that examined 180-trait descriptors frequently used in Portuguese. These descriptors were also considered by judges as descriptors of the Big Five Factors. Factor analysis, using different extraction methods showed that a 5-factor solution was adequate. Independently of the method of analysis, the items loaded in the same factors and the extraction order did not vary. The first factor was Agreeableness, followed by Extroversion, Conscientiousness, Neuroticism e Intellect.
Contido em Psicologia : reflexão e crítica. Porto Alegre. Vol. 11, n. 2 (1998), p. 395-409
Assunto Personalidade
Psicologia : Testes e medidas
[en] Big-Five Model
[en] Big-Five Portuguese Personality Markers
[en] Personality Assessment
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/95326
Arquivos Descrição Formato
000223728.pdf (66.05Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.