Repositório Digital

A- A A+

Ativação de modelos mentais no recontar de histórias por idosos

.

Ativação de modelos mentais no recontar de histórias por idosos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Ativação de modelos mentais no recontar de histórias por idosos
Outro título Mental model activation in the recall of stories by older adults
Autor Parente, Maria Alice de Mattos Pimenta
Capuano, Andréa M. Nicastro
Nespoulous, Jean-Luc
Resumo Recontar histórias é uma atividade complexa que envolve recursos da memória de curta duração (MCD) e da memória episódica (ME). Estratégias direcionadas a objetivos e intenções particulares diminuem a sobrecarga da MCD e ativam a ME. Com o objetivo de estudar a influência do envelhecimento nestes mecanismos, estudamos o relato de uma história por dois grupos de adultos: 17 com 30 a 55 anos e 14 com mais de 60 anos. Os adultos mais jovens lembraram mais proposições do que os idosos, mas ambos grupos relembraram melhor as macroestruturas do que as microestruturas e não foi encontrada diferença no número de inferências, interferências e reconstruções. Entretanto, uma análise de ênfases dados à história, mostrou que jovens preferem relatar a seqüência de ações e idosos, encadeam os fatos de forma subjetiva, sugerindo que, devido à uma redução da memória de trabalho, utilizam-se mais das estratégias que recorrem às informações armazenadas na memória episódica, deixando transparecer suas representações mentais.
Abstract Text comprehension is a complex activity that requires resources from short term memory (STM) and from episodic memory (EM). Strategies directed to goals and intentions avoid an overload of the STM and activates the EM. To study the influence of aging on those mechanisms, we analyzed the recall of a story by two different groups of adults: 17 subjects, 30 to 50 years old, and 14 with more than 60 years of age. The younger group remembered more propositions than the elders, but both groups recalled better the macro than the microstructure. No differences regarding number of inference, interference, and reconstruction were found. Nevertheless, residual analysis showed that younger adults organized their recall telling the actions of the original story, whereas the older adults chose a subjective organization of the main facts, suggesting that due to a reduction of the working memory, the elderly elaborated strategies to have access to information of the EM, showing their mental representations in their recall.
Contido em Psicologia : reflexão e crítica. Porto Alegre. Vol. 12, n. 1 (1999), p. 157-172
Assunto Idoso
Memória
[en] Aging
[en] memory
[en] mental models
[en] psycholinguistics
[en] text processing
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/95327
Arquivos Descrição Formato
000236317.pdf (76.42Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.