Repositório Digital

A- A A+

Linhas de cuidado, estratégias de controle : problematizando as políticas de assistência à infância e a adolescência

.

Linhas de cuidado, estratégias de controle : problematizando as políticas de assistência à infância e a adolescência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Linhas de cuidado, estratégias de controle : problematizando as políticas de assistência à infância e a adolescência
Autor Oliveira, Michel Lara de
Orientador Tschiedel, Rosemarie Gärtner
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Psicologia.
Assunto Assistência
Políticas públicas
Resumo O presente trabalho de conclusão de curso se propõe a compartilhar a importância da problematização das políticas públicas da infância e da adolescência na experiência de estágio. Contextualiza-se historicamente o surgimento dessas políticas na Europa e no Brasil visando auxiliar no entendimento dos processos atuais. O histórico de controle das populações pauperizadas por parte da sociedade e do Estado mistura-se com discursos de cuidado e bem estar social, resultando em complexos processos políticos. Frente a isso encontra-se o psicólogo numa complexa rede que exige intervenções, que são atravessadas por diversos discursos. Problematizar e analisar tais atravessamentos são alternativas teóricas que surgem para um trabalho mais ético e efetivo.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/95458
Arquivos Descrição Formato
000915844.pdf (182.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.