Repositório Digital

A- A A+

Interações e reações entre fluidos magmáticos e mármores de Vila Nova do Sul, RS

.

Interações e reações entre fluidos magmáticos e mármores de Vila Nova do Sul, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Interações e reações entre fluidos magmáticos e mármores de Vila Nova do Sul, RS
Autor Hoerlle, Guilherme Sonntag
Orientador Remus, Marcus Vinicius Dorneles
Co-orientador Dani, Norberto
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Curso de Geologia.
Assunto Geoquímica
Hidrotermalismo
Vila Nova do Sul (RS)
[en] Fluorite vein
[en] Hydrothermalism
[en] Marble
[en] Skarn
Resumo Os mármores calcíticos de Vila Nova do Sul, pertencentes ao complexo Cambaizinho no Bloco São Gabriel apresentam uma variedade de domínios mineralógicos derivados de reações formando paragêneses específicas devido à interação de fluidos de origem magmática com a rocha encaixante carbonática. Duas situações distintas de interesse ocorrem na área: escarnitos associados a estruturas dúcteis com presença de granada grossulária, diopsídio, calcita, clinozoizita, plagioclásio, quartzo, magnetita, com ocorrências de sulfetos de ferro e cobre. Outra paragênese é formada com predomínio de fluorita, fengita, feldspato alcalino, quartzo, calcita, pirita e calcopirita, ocorrendo em fraturas e outros planos de fraqueza dos mármores. A origem dessas paragêneses possivelmente está relacionada a dois fluidos composicionalmente distintos provenientes de episódios de magmatismo temporalmente diferentes. A hipótese atual é de que os primeiros fluidos sejam provenientes da associação de tonalitos, trondhjemitos e granodioritos do complexo Cambaí que reagiram com os mármores ao intrudir o complexo Cambaizinho. Posteriormente, os mármores foram afetados por fluidos provenientes do magmatismo da Fm Acampamento Velho. Trabalhos prévios mostraram que as rochas vulcânicas da Formação Acampamento Velho, de afinidade moderadamente alcalina sódica, possuem ocorrências de fluorita. O levantamento de dados estruturais e registro das relações de campo foram realizados a partir de trabalhos de campo em duas jazidas de calcário ativas na área de estudo. A pesquisa vale-se de técnicas de petrografia, difratometria de raios-X e microscopia eletrônica para caracterização detalhada da mineralogia e estudo das reações mineralógicas nos dois grupos de rochas estudados. Agrupando os dados estruturais e petrográficos é possível inferir que os escarnitos foram formados a partir da interação dos TTGs do Complexo Cambaí com mármores do Complexo Cambaizinho em condições relativamente profundas. As paragêneses com predominância de fluorita foram formadas devido a fluidos provenientes do magmatismo da Fm Acampamento Velho que percolaram ao longo dos planos de fratura dos mármores encaixantes e depositaram veios em profundidades rasas. A sequência dessa pesquisa visa estudar os sulfetos de Cu, Pb e Zn hospedados nos mármores, veios e escarnitos e avaliar a possibilidade de um depósito mineral na área.
Abstract Calcic marbles from Vila Nova do Sul that belong to Cambaizinho Complex on São Gabriel Block have a variety of specific paragenesis formed due to the interaction of magmatic fluids and the carbonatic host rock. Two interesting situations occur on the area: skarns associated with ductile structures with grossular garnet, diopside, calcite, clinozoizite, plagioclase, quartz, magnetite and with occurrences of iron and copper sulphides. The other paragenesis is formed mainly by fluorite, phengite, K-feldspar, quartz, calcite, pyrite, and chalcopyrite and occurs on fractures and other rock discontinuities. The origin of those rocks is most likely related to compositionally different fluids from two temporally magmatic events. The present hypothesis suggests that the first fluids came from the reaction of the intrusion of tonalites, trondhjemites and granodiorites from Cambaí Complex on marbles of Cambaizinho Complex. Later, marbles were affected by fluids from Acampamento Velho Formation magmatism. Previous works show that volcanic rock from Acampamento Velho Formation are moderately sodic alkaline and some fluorite mineralization occurs in these rocks. Structural data and field relations were obtained during field work on two well exposed active quarries. This research uses techniques such as petrography, X-Ray diffraction and EDS electronic microscopy to obtain a detailed mineralogy characterization and good results on the study of the reactions that occurred between those lithologies. From the reunion of structural and petrographic data it is possible to deduce that calcic skarns were formed after the interaction of Cambaí Complex TTGs and Cambaizinho Complex marbles on relatively deep environment. Fluorite dominated paragenesis were formed due to late magmatic fluids from Acampamento Velho Formation that percolated throughout fractures and fault planes on marbles and settled on veins on relatively shallow depths. The next step on this research is to study the Cu, Pb and Zn sulphides hosted on these marbles, veins and skarns to evaluate the possibility of a base metal deposit.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/95464
Arquivos Descrição Formato
000918265.pdf (11.86Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.