Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do benefício na progênie pelo uso de vacina oleosa para salmonella enteritidis em aves matrizes pesadas

.

Avaliação do benefício na progênie pelo uso de vacina oleosa para salmonella enteritidis em aves matrizes pesadas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do benefício na progênie pelo uso de vacina oleosa para salmonella enteritidis em aves matrizes pesadas
Autor Cony, Artur Valerio
Orientador Nascimento, Vladimir Pinheiro do
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias.
Assunto Granjas : Frango de corte
Salmonella enteritidis
Vacinação
[en] Birds
[en] Broiler farm
[en] Hatchery
[en] Immunity
[en] Salmonella enteritidis
[en] Vaccination
Resumo Com o aumento, a cada ano, dos alojamentos na cadeia de produção avícola, a disseminação de doenças ficou facilitada. Nos lotes de aves, a fase inicial tem principal importância no que tange à contaminação por Salmonella Enteritidis, devido a maior sensibilidade às infecções pela ausência de uma flora intestinal completa e a imaturidade do sistema imune. Avaliaram-se, neste estudo, os benefícios na progênie do uso de uma vacina inativada em adjuvante oleoso para Salmonella Enteritidis, em matrizes pesadas, através de coleta de ovos bicados e pintos natimortos no incubatório, bem como suabes de arrasto nos aviários de frangos de corte. Observou-se que a imunização das matrizes conferiu uma proteção para suas progênies, tanto em ovos bicados, pintos natimortos coletados no incubatório no dia do nascimento, bem como em granjas de frango de corte, onde foram coletados suabes de arrasto entre 21 e 30 dias. Em ovos bicados foram analisadas 850 amostras, sendo que nos lotes vacinados tiveram 10 amostras (1,18%) positivas, e, nos lotes não vacinados tiveram 288 amostras (33,88%) positivas. Em pintos natimortos foram analisados 850 amostras, sendo os lotes vacinados tiveram 16 amostras (1,88%) positivas e nos lotes não vacinados tiveram 210 amostras positivas (24,70%). Em suabe de arrasto, nas granjas de frangos de corte, foram analisadas 502 amostras para lotes não vacinados; sendo 22 amostras positivas (4,38%). Nos lotes vacinados foram analisados 475 amostras, sendo 6 amostras positivas (1,26%). Os resultados obtidos nos levam a concluir que a vacina de Salmonella Enteritidis inativada em adjuvante oleoso, propicia uma imunidade passiva para as progênies das matrizes de corte que foram vacinadas, proporcionando uma redução significativa a infecções precoces pela bactéria.
Abstract With the increase of households in the poultry production chain each year, the spread of diseases was facilitated. In lots of birds, the initial phase has primary importance regarding to contamination by Salmonella Enteritidis, due to a bigger sensitivity to the infections by the absence of a complete gut and the immaturity of the immune system. In this study it was evaluated, the benefits of using the progeny of an inactivated vaccine in oil adjuvant for Salmonella Enteritidis in the main weighted broilers, through collection of eggs pecked and hatchery stillbirth chicks, as well as drag swabs on poultry broiler. It was observed that immunization of matrices gave a protection to their progeny, both egg pecked, hatchery stillborn chicks collected on the day of birth, and in broiler farms, where the drag swabs were collected between 21 and 30 days. In pecked eggs were analyzed 850 samples, being that in the vaccinated lots 10 samples (1.18%) were positive and in non-vaccinated lots 288 samples (33.88%) were positive. In stillbirths chicks were analyzed 850 samples, and in the vaccinated lots were 16 samples (1.88%) positive and in the unvaccinated lots, 210 were positives samples (24.70%). In the drag swab in broiler farms, 502 samples were analyzed for non-vaccinated lots, with 22 positive samples (4.38%). In the vaccinated lots were analyzed 475 samples and six positive samples (1.26%). The results lead us to conclude that the Salmonella Enteritidis inactivated vaccine in oil adjuvant, provides passive immunity to the progeny of broiler breeder flocks were vaccinated, providing a significant reduction in early infections by bacteria.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/95990
Arquivos Descrição Formato
000864002.pdf (486.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.