Repositório Digital

A- A A+

Produções primária e secundária de uma pastagem natural da Depressão Central do Rio Grande do Sul submetida a diversas ofertas de fitomassa aérea total

.

Produções primária e secundária de uma pastagem natural da Depressão Central do Rio Grande do Sul submetida a diversas ofertas de fitomassa aérea total

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produções primária e secundária de uma pastagem natural da Depressão Central do Rio Grande do Sul submetida a diversas ofertas de fitomassa aérea total
Autor Pinto, Cassiano Eduardo
Fontoura Júnior, José Acélio Silveira da
Frizzo, Adriana
Freitas, Thercio Moacir Stella de
Nabinger, Carlos
Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Resumo Neste estudo avaliou-se a influência da variação das ofertas de forragem ao longo das estações de crescimento na dinâmica da pastagem e no rendimento animal. Utilizaram-se como tratamentos ofertas de forragem fixas de 4,0; 8,0; 12,0 e 16,0% ao longo da estação de crescimento e variações de 8,0% na primavera, para 12,0% no verão/outono (8p12);12,0% na primavera para 8,0% no verão/outono (12p8); e 16,0% na primavera para 12,0% no verão/outono (16p12), constituindo um delineamento experimental de blocos casualizados com duas repetições. O experimento foi conduzido em área de pastagem natural com novilhos de sobreano mantidos em pastejo contínuo com lotação variável,utilizando-se a técnica de put-and-take. As produções primária e secundária foram medidas na estação de crescimento de 2001/2002. Os resultados comprovaram que situações de oferta muito baixa de forragem, como a de 4,0%, prejudicam o desempenho dos animais. O aumento da oferta de forragem de 8,0% na primavera para 12,0% no verão promoveu bom ganho de peso e pode ser interessante para manipular a estrutura da pastagem, uma vez que permite oferta de forragem de melhor qualidade no início do outono-inverno.
Abstract This study tested the influence of different forage allowances during the growing season on vegetation dynamics and animal performance. Treatments consisted of different herbage allowances (kg DM/100 kg liveweight/day, expressed in %) and different combinations of herbage allowances in sequence: 4.0%, 8.0%, 12.0%, and 16.0% herbage DM allowance during the entire year; 8.0% herbage allowance in Spring and 12.0% in Summer/Autumn; 12.0% herbage allowance in Spring and 8.0% in Summer/Autumn; 16.0% herbage allowance in Spring and 12.0% in Summer/Autumn. The grazing method was continuous stocking with variable stocking rate, and the experimental animals were yearling crossbred steers. A randomized complete block design was used, with two replications. Data are presented from the 2001/2002 growing season regarding pasture production, animal daily gain, and animal gain/ha. Results showed that 4.0% of herbage allowance decreased animal performance. The 8.0% herbage allowance in Spring and 12.0% in Summer/Autumn treatment promoted higher animal performance, indicating that this type of management may be interesting to manipulate sward structure, resulting in a better forage quality at the onset of Autumn/Winter season.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science. Viçosa, MG. Vol. 37, n. 10 (out. 2008), p. 1737-1741
Assunto Novilho
Pastagem nativa
[en] natural pasture
[en] steers
[en] variation of forage allowances
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/96024
Arquivos Descrição Formato
000694345.pdf (42.64Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.