Repositório Digital

A- A A+

Temas meio ambiente, sustentabilidade e educação ambiental no ensino de biologia : um estudo sobre as práticas dos professores do ensino médio de Sapucaia do Sul, RS

.

Temas meio ambiente, sustentabilidade e educação ambiental no ensino de biologia : um estudo sobre as práticas dos professores do ensino médio de Sapucaia do Sul, RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Temas meio ambiente, sustentabilidade e educação ambiental no ensino de biologia : um estudo sobre as práticas dos professores do ensino médio de Sapucaia do Sul, RS
Autor Machado, Marcia Maria Bremm
Orientador Souza, Diogo Onofre Gomes de
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde.
Assunto Biologia
Docência
Educação ambiental
Ensino médio
Meio ambiente
Prática de ensino
Sustentabilidade
[en] Biology
[en] Environment
[en] Environmental education
[en] High school
[en] Sustainability
[en] Teaching
Resumo Aprender é se informar ou aprender pode ser se transformar. Quando aprendemos e atribuímos significados ao que foi aprendido, temos a capacidade de transformar a informação em conhecimento. Nesse sentido esta Dissertação de Mestrado investigou a prática em sala de aula e em projetos dos professores de Biologia do Ensino Médio do município de Sapucaia do Sul – RS, quanto aos temas Meio Ambiente, Sustentabilidade e Educação Ambiental e nos aspectos: metodologias de ensino, contextualização, interdisciplinaridade, avaliação e quantidades de horas disponibilizadas para os temas citados. Foi utilizado um questionário semiestruturado com questões fechadas para a caracterização do profissional quanto a dados de identificação (idade e gênero), qualificação (formação inicial e educação continuada) e profissional (tempo de regência de classe, turnos de trabalho, carga horária, número de turmas e alunos, identificação da instituição como pública ou privada, regime de trabalho e se exerce outra atividade além da educação) e perguntas abertas para análise qualitativa através de categorização. A amostra foi composta por 16 professores, sendo 13 do gênero feminino e três masculinos. 87,5% encontram-se na faixa etária de 30 a 45 anos. Todos os professores são licenciados em Ciências Biológicas, a maioria exerce a docência no Ensino Médio nos turnos do dia e há mais de nove anos. A rede pública (Estadual e Municipal) ficou amostrada com 12 professores e 75% dos professores têm na docência sua única atividade profissional. Nas questões categorizadas, sem diferenciar instituições privadas e públicas, ficou evidenciado que os professores desenvolvem os temas Meio Ambiente, Sustentabilidade e Educação Ambiental, principalmente, Meio ambiente, mas ministram as suas aulas de forma tradicional, baseados em conteúdos, com pouca interdisciplinaridade e contextualização. Com relação à prática de desenvolver projetos, foi evidenciado que os professores tem concepções diferenciadas sobre o assunto, mas que os realizam. Com a mudança do Ensino Médio no Estado, e a inclusão da obrigatoriedade de projetos (nos três anos), pode-se observar que os professores que realizam projetos referem-se ao Seminário Integrado e não a disciplina de Biologia. O desafio está posto, a melhoria da educação passa por mudanças. Mudanças essas em que a educação e a aprendizagem sejam contínuas e permanentes e tenham uma utilidade ao longo da vida, “necessitamos tornar esse mundo em rápida mudança mais hospitaleiro para a humanidade” (BAUMAN, 2009, p. 163).
Abstract Learning is to get informed, or learning may be to get transformed. When we learn and give meaning to what have been learnt, we have the ability to transform information into knowledge. In this sense, this Master’s Dissertation has investigated the classroom’s practice and the projects of the high school teachers of Biology at the city of Sapucaia do Sul - RS, about the themes Environment, Sustainability and Environmental Education and in the aspects: teaching methodologies, contextualization, interdisciplinarity, evaluation and number of hours allowed for the referred themes. A semi-structured questionnaire was used, with closed questions for the characterization of the professional about identification data (age and gender), qualification (early years education and continued education) and professional status (class regency time, work shifts, work hours, number of classes and students, if he/she works at a private/public institution, work procedures and if he/she has another professional activity beyond education) and open questions for qualitative analysis through categorization. The sample was compounded of 16 teachers, being 13 of female gender and three male. 87,5% find themselves between the age of 30 to 45. All the teachers are licensed in Biological Sciences, and most of them teach at High Schools in the day shift for over nine years. Twelve of the teachers are from public institutions (both State and City) and 75% of the teachers are exclusively in this professional activity. On the categorized questions, without separating private and public institutions, it was evidenced that the teachers develop the themes Environment, Sustainability and Environmental Education, mainly Environment, but they work their classes in a traditional way, based on contents, with little use of interdisciplinarity and contextualization. On the project development practice it was evidenced that the teachers have different conceptions about the topic, but they accomplish it. With the change in High School policies at the State, and the inclusion of project obligatoriness (within all the three years), we could observe that teachers who perform projects are referring to the Integrated Seminar and not the Biology discipline. The challenge is set, and the improvement in education is going through changes. These changes demand education and learning to be continuous and permanent and have a lifetime utility, “we must make this fast-changing world more hospitable for mankind”. (BAUMAN, 2009, p.163).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/96039
Arquivos Descrição Formato
000919134.pdf (806.0Kb) Texto parcial Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.