Repositório Digital

A- A A+

Estudo piloto de utilização de medicamentos em pacientes pediátricos no bloco cirúrgico de um hospital universitário de Porto Alegre

.

Estudo piloto de utilização de medicamentos em pacientes pediátricos no bloco cirúrgico de um hospital universitário de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo piloto de utilização de medicamentos em pacientes pediátricos no bloco cirúrgico de um hospital universitário de Porto Alegre
Autor Becker, Gabriela Curbeti
Orientador Bueno, Denise
Co-orientador Pinto, Paula Teixeira
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Curso de Farmácia.
Assunto Crianças
Pediatria
Prescrição de medicamentos
Uso de medicamentos
[en] Children
[en] Data collection
[en] Drug prescriptions
[en] Pediatrics
[en] Surgical center
Resumo Introdução: Estudos de utilização de medicamentos constituem uma estratégia de racionalização do uso de fármacos, principalmente em crianças internadas no bloco cirúrgico, devido à falta de estudos de eficácia e segurança da farmacoterapia pediátrica. Por isso, torna-se importante a realização de estudos com coleta de informações objetivas, permitindo a identificação de problemas e determinação de ações, gerando uma assistência de excelência. Objetivo: Testar o instrumento de coleta, o qual foi elaborado previamente baseado na literatura científica, na pesquisa de utilização de medicamentos em cirurgias pediátricas realizadas no bloco cirúrgico do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), verificando o uso dos mesmos e relacionando fatores como idade, peso, dose, frequência, indicação clínica, via de administração e possíveis efeitos adversos. Metodologia: Estudo transversal, descritivo, com a análise de 30 prontuários eletrônicos e físicos consultados em agosto e setembro de 2013, analisando os dados obtidos com o instrumento de coleta e comparando com referenciais bibliográficos. Resultados: Foram utilizados 423 medicamentos, com média total de 14,1±4,60 de medicamento por paciente. Ocorreu predominância do sexo masculino, faixa etária 1 a 6 anos, raça branca, residentes em Porto Alegre, financiamento 100% público nas internações, como causa da internação a herniorrafia, maioria de cirurgias eletivas e anestesia geral com infiltrativa. Medicamentos mais utilizados durante a cirurgia foram fentanila, oxigênio e sevoflurano, e pós-cirurgia foram dipirona e paracetamol. A via de administração mais usada durante e pós-cirurgia foi a via intravenosa. Dois pacientes apresentaram prováveis reações adversas à medicamentos e seu uso suspenso. Conclusão: Devem ser adicionados ao instrumento de coleta: escala da dor, qual procedimento realizado, presença de comorbidades, classificação, tipo de cirurgia, utilização de antibioticoprofilaxia cirúrgica e troca da via de administração.
Abstract Introduction: Studies of medications constitute a strategy of rational use of drugs, especially in children of a surgery unit, due to lack efficacy and safety studies of pediatric pharmacotherapy. Therefore, it becomes important to conduct studies with collection of objective information, allowing the identification of problems and determination of actions, generating a service of excellence. Objective: Test the instrument collection, which was developed previously based on the scientific literature, in the study of drug use in a pediatric surgery unit of the Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), checking the factors such as age, weight, dose, frequency, clinical indication, route of administration and possible adverse effects. Methodology: Cross-sectional descriptive study with the evaluation of 30 electronic and physical medical records in August and September 2013, verifying the information with the data collection instrument and comparing with the literature. Results: A total of 423 drugs used, with an average total of 14.1 ± 4.60 of medication per patient. Most of the patients were male, aged 1-6 years, caucasians, living in Porto Alegre, 100% public funding in admissions, as cause of admission to herniorrhaphy, most elective surgery and anesthesia general with infiltration. Most drugs used during surgery were fentanyl, oxygen and sevoflurane, and post-surgery were dipyrone and paracetamol. The route of administration most utilized during and after surgery was intravenously. Two patients had probable adverse reactions to drugs and had suspended its use. Conclusion: These should be added to the collection instrument: pain scale, which procedure performed, presence of comorbidities, classification of surgery, type of surgery, use of surgical antibiotic prophylaxis and change of route of administration.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/96051
Arquivos Descrição Formato
000914567.pdf (309.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.