Repositório Digital

A- A A+

Increasing energy efficiency of processor caches via line usage predictors

.

Increasing energy efficiency of processor caches via line usage predictors

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Increasing energy efficiency of processor caches via line usage predictors
Outro título Aumentando a eficiência energética da memória cache de processadores através de preditores de uso de linhas da cache
Autor Alves, Marco Antonio Zanata
Orientador Navaux, Philippe Olivier Alexandre
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação.
Assunto Memoria cache
Multiprocessadores
Processadores
[en] Cache memories
[en] Early write-back
[en] Energy efficient
[en] Line usage predictors
[en] Replacement policy
[en] Sub-block psage predictors
Abstract Energy consumption is becoming more important for processor architectures, where the number of cores inside the chip is increasing and the total power budget is kept at the same level or even reduced. Thus, energy saving techniques such as frequency scaling options and automatic shutdown of sub-systems are being used to maintain the trade-off between power and performance. To deliver high performance, current Chip Multiprocessors (CMPs) integrate large caches in order to reduce the average memory access latency by allocating the applications’ working set on-chip. These cache memories have traditionally been designed to exploit temporal locality by using smart replacement policies, and spatial locality by fetching entire cache lines from memory on a cache miss. However, recent studies have shown that the number of sub-blocks within a line that are actually used is often low, and those sub-blocks that are used are accessed only a few times before becoming dead (that is, never accessed again). Additionally, many of the cache lines remain powered for a long period of time even if the data is not used again, or is invalid. For modified cache lines, the cache memory waits until the line is evicted to perform the write-back to next memory level. These write-backs compete with read requests (processor demand and cache prefetch), increasing the pressure on the memory controller. For these reasons, the energy efficiency and performance of cache memories are not ideal. This thesis introduces cache line usage predictors to increase the energy efficiency of cache memories. We propose the Dead Sub-Block Predictor (DSBP) and Dead Line and Early Write-Back Predictor (DEWP) mechanisms to enable energy savings without performance degradation. DSBP is used to predict which sub-blocks of a cache line will be actually accessed and how many times they will be used in order to bring into the cache only those sub-blocks that are necessary, and power them off after they are accessed the predicted number of times. DEWP predicts dead lines as soon as they receive the last access, and turns off these lines. Dirty lines are scheduled for write-back after the last write operation occurs, increasing the energy savings potential and also reducing the pressure on the memory controller. Both proposed mechanisms also reduce pollution in cache memories by prioritizing dead lines for eviction in the existing replacement policy. Although each introduced mechanism is capable of performing separately inside a system, both mechanisms can also be mixed in the same cache hierarchy. This mixed implementation is interesting because the sub-block granularity is more suitable for cache levels closer to the processor, where the cache lines are quickly evicted, while the Last- Level Cache (LLC) tends to use the whole cache line before its eviction. In order to evaluate our proposed mechanisms, we introduce the Simulator of Non- Uniform Cache Architectures (SiNUCA). This cycle-accurate microarchitecture simulator is validated in terms of performance and energy consumption by comparing it to a real processor. Our performance results were obtained executing single-threaded applications from SPEC-CPU2006 and multi-threaded applications from SPEC-OMP2001 and NASNPB benchmark suites. The energy related results were obtained by integrating SiNUCA with the Multi-core Power, Area, and Timing (McPAT) framework and the CACTI power modeling tool. When applying our mechanisms on all the cache levels, we observe on average a 36% energy reduction for DSBP, 25% energy reduction using DEWP and an average reduction of 37% in the energy consumption applying DSBP on L1 and L2 and DEWP on the LLC. All these reductions caused a negligible performance loss of less than 4% on average.
Resumo O consumo de energia se torna cada vez mais importante para a arquitetura de processadores, onde o número de cores dentro de um mesmo chip está aumentando mas o total de energia disponível se mantém no mesmo nível ou até mesmo se reduz. Assim, técnicas para economizar energia, tais como opções de escala de frequência e desligamento automático de subsistemas, estão sendo usadas para manter a troca entre energia e desempenho. Para se obter alto desempenho, os atuais Chip Multiprocessors (CMPs) integram grandes memórias cache a fim de reduzir a latência média para acesso a memória principal, através da alocação do conjunto de dados da aplicação dentro do chip. Essas memórias cache tem sido projetadas tradicionalmente para explorar a localidade temporal usando políticas de substituição inteligentes e localidade espacial buscando todos os dados da linha da cache após uma falta de dados. Entretanto, estudos recentes mostraram que o número de sub-blocos dentro da linha da memória cache, que são realmente usados, costuma ser baixo, sendo que, os sub-blocos que são usados recebem poucos acessos antes de se tornarem mortos (isto é, nunca mais são acessados). Além disso, muitas da linhas da memória cache permanecem ligadas por longos períodos de tempo, mesmo que os dados não sejam usados novamente ou são inválidos. Para linhas de cache modificadas, a memória cache aguarda até que a linha seja expulsa para que esta seja gravada (write-back) de volta no próximo nível de memória. Essas escritas competem com as requisições de leitura (demanda do processador e prébusca da cache), aumentando a pressão no controlador de memória. Por essas razões, a eficiência energética e o desempenho das memórias cache não são ideais. Essa tese propõe a aplicação de preditores de uso de linhas da cache para aumentar a eficiência energética das memórias cache. São propostos os mecanismos Dead Sub-Block Predictor (DSBP) e Dead Line and Early Write-Back Predictor (DEWP) para permitir economia de energia sem que haja degradação do desempenho. DSBP é usado para prever quais sub-blocos da linha da cache serão usados e quantas vezes eles serão acessados de forma a trazer para a cache apenas os sub-blocos úteis e desliga-los após eles serem acessados pelo número de vezes previsto. DEWP prevê linhas de cache mortas assim que elas recebem o último acesso, desligando essas linhas. As linhas sujas são escalonadas para sofrerem write-back após a última operação de escrita, aumentando o potencial de salvar energia, reduzindo também a pressão no controlador de memória. Ambos os mecanismos propostos também reduzem a poluição nas memórias cache, dando prioridade para a expulsão de linhas mortas, melhorando as atuais políticas de substituição. Embora cada mecanismo apresentado seja capaz de funcionar separadamente dentro do sistema, ambos os mecanismos podem também ser misturados em uma mesma hierarquia de cache. Essa implementação mista é interessante pois a granularidade de sub-bloco é preferível para níveis de cache próximos do processador, onde as linhas de memória cache são expulsas rapidamente, enquanto o último nível de cache tende a usar toda a linha antes da sua expulsão. Com o intuito de avaliar os mecanismos propostos, é apresentado o Simulator of Non- Uniform Cache Architectures (SiNUCA). Esse simulador de microarquitetura com precisão de ciclos é validado em termos de desempenho e consumo de energia através da comparação com um processador real. Os resultados de desempenho foram obtidos executando aplicações das cargas de trabalho single-threaded do conjunto SPEC-CPU2006 e aplicações multi-threaded dos conjuntos SPEC-OMP2001 e NAS-NPB. Os resultados relativos a energia foram obtidos integrando o SiNUCA com as ferramentas de modelagem Multi-core Power, Area, and Timing (McPAT) e CACTI. Quando aplicados os mecanismos em todos os níveis de memória cache, observou-se em média uma redução de 36% no consumo de energia usando o DSBP, 25% usando o DEWP e 37% quando usou-se o DSBP nos níveis L1 e L2 e o DEWP no último nível. Todas essas reduções causaram uma perda desprezível de desempenho de menos de 4% em média.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/96062
Arquivos Descrição Formato
000918761.pdf (4.768Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.