Repositório Digital

A- A A+

Trastuzumabe-dm1 no tratamento para câncer de mama her2+

.

Trastuzumabe-dm1 no tratamento para câncer de mama her2+

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Trastuzumabe-dm1 no tratamento para câncer de mama her2+
Autor Veppo, Nilton Jorge de Oliveira
Orientador Montanha, Jarbas Alves
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Curso de Farmácia.
Assunto Farmácia
Resumo Os carcinomas mamários, cuja superexpressão da oncoproteína HER2 (Receptor fator de crescimento epidérmico humano 2), e que ocorre em aproximadamente 20 a 30% das neoplasias, associado a um fenótipo mais agressivo, pode ser melhorado através da ação de moléculas alvo-dirigidas como o T-DM1 (trastuzumabe-emtansine). Atualmente, um dos grandes desafios é o desenvolvimento de fármacos alvo-específicos, capazes de eliminar a célula tumoral sem causar danos às células normais, ou que possam ser utilizados em associação a terapias convencionais para aperfeiçoá-las. O T-DM1 é um fármaco conjugado a um anticorpo monoclonal composto por trastuzumabe, um ligante tioéster estável, e o agente citotóxico DM1 (derivado da emantasina, um produto natural), que está em fase final de desenvolvimento a ser utilizado no tratamento de câncer metastático HER2-positivo. Vários estudos de Fase I demonstraram que o T-DM1 é seguro e tolerável quando foram utilizados em pacientes pré-tratados através da quimioterapia convencional. A mesma eficácia, segurança e tolerabilidade foram confirmados em estudos de Fase II, nos quais o T-DM1 foi utilizado como agente único ou em combinação com outros agentes quimioterápicos. Aguarda-se, com expectativa, os resultados de Fase III, cujos protocolos em andamento (EMILIA/MARIANE), alguns inclusive já divulgados, indicam que esse tipo de terapia pode abrir caminhos para o desenvolvimento de novas moléculas-alvos a serem utilizadas em outras neoplasias. Ao que parece, o grande mérito desse avanço, além de confirmar eficácia e segurança, também revela redução nos efeitos adversos, o que otimiza a qualidade de vida dos pacientes. Esta revisão apresenta a base racional para o desenvolvimento do T-DM1 e resume alguns dados clínicos deste novo agente para o tratamento do câncer de mama.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/96064
Arquivos Descrição Formato
000898657.pdf (258.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.