Repositório Digital

A- A A+

Componentes morfológicos e produção de forragem de pastagem de aveia e azevém manejada em diferentes alturas

.

Componentes morfológicos e produção de forragem de pastagem de aveia e azevém manejada em diferentes alturas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Componentes morfológicos e produção de forragem de pastagem de aveia e azevém manejada em diferentes alturas
Autor Aguinaga, Angelo Antonio Queirolo
Carvalho, Paulo Cesar de Faccio
Anghinoni, Ibanor
Pilau, Alcides
Aguinaga, Antônio José Queirolo
Gianluppi, Gustavo Dal Forno
Resumo Avaliou-se a dinâmica de produção de forragem em pastagem de aveia-preta (Avena strigosa Schreb) e azevém (Lolium multiflorum Lam) manejada em diversas alturas de manejo com o objetivo de evidenciar as potencialidades dessa mistura em sistemas de integração lavoura-pecuária. Os tratamentos consistiram de quatro alturas de manejo da pastagem (10; 20; 30 e 40 cm), medidas com bastão graduado e avaliadas em blocos casualizados com três repetições. O método de pastejo foi contínuo, com taxa de lotação variável. Utilizaram-se bezerros de corte mestiços com 10 meses de idade e peso médio inicial de 210 kg, respectivamente. As características da pastagem estudadas foram: massa de forragem (MF); taxa de acúmulo de forragem (TAC); produção total de forragem (PTMS); e quantificação dos componentes morfológicos da pastagem (colmo, lâmina e material morto). A massa de forragem aumentou de forma linear de acordo com a altura do pasto, uma vez que, para cada cm de aumento na altura superior a 10 cm, a matéria seca aumentou aproximadamente 90 kg/ha. Não houve efeito das alturas da pastagem sobre a TAC ou sobre a PTMS, cujos valores médios foram de 66,8 kg/ha/dia de MS e 10.721 kg/ha de MS, respectivamente. A porcentagem de folhas de azevém foi maior que a de folhas de aveia nos três períodos de avaliação e, na altura de 10 cm, foi superior à obtida nas demais alturas na última avaliação (em torno de 20% da participação total da massa de forragem). A aveia apresenta rápido desenvolvimento inicial e diminuição na produção nos períodos posteriores de desenvolvimento.
Abstract Forage growth dynamic in an Oat (Avena strigosa, Schreb) + Ryegrass (Lolium multiflorum, Lam) pasture managed at different grazing heights was evaluated in order to access the mixed-sward potential in a crop-livestock integrated system. Treatments were four sward grazing heights (10, 20, 30, and 40 cm), measured with a sward-stick. The experimental design was a random block with three replications. The grazing method utilized was continuous stocking with variable stocking rate. Beef steers weighting 210 kg with approximately 10 month old were used. The analyzed variables were herbage mass (HM), herbage growth rate (GR), dry matter production (DMP), and the morphological components (stem, leaf and senescent material). A linear increase was observed for herbage mass as herbage height increased. Results showed that for every centimeter in sward height above 10 cm means approximately 90 kg DM/ha. Treatments did not affect the GR and the DMP, and the average values were 66.8 kg DM/ha/day and 10,721 kg DM/ha, respectively. Ryegrass leaf presented greater proportion than oat leaf in the three evaluation periods, showing higher values for the treatment 10 cm in the last evaluation (about 20% of participation in the total biomass). Oat presented a fast initial development and decreased the production on the later periods.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science. Viçosa, MG. Vol. 37, n. 9 (set. 2008), p. 1523-1530
Assunto Aveia
Azevém
Forragem
[en] Avena strigosa
[en] growth rate
[en] herbage mass
[en] Lolium multiflorum
[en] structure components
[en] sward heightv
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/96119
Arquivos Descrição Formato
000694332.pdf (144.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.