Repositório Digital

A- A A+

Concreto com ar incorporado : avaliação da durabilidade frente a agentes agressivos e absorção de água

.

Concreto com ar incorporado : avaliação da durabilidade frente a agentes agressivos e absorção de água

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Concreto com ar incorporado : avaliação da durabilidade frente a agentes agressivos e absorção de água
Autor Copetti, Stephan Korndörfer
Orientador Kirchheim, Ana Paula
Co-orientador Venquiaruto, Simone Dornelles
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo A durabilidade das estruturas de concreto tem sido uma preocupação constante de projetistas e construtores ao longo dos anos. Atualmente, um dos maiores desafios da construção civil é buscar alternativas construtivas, tecnológicas ou de novos materiais, que sejam viáveis, que possam contribuir para um melhor desempenho das edificações frente à ação de agentes agressivos, independente do ambiente em que a estrutura esteja inserida. A aplicação de diferentes tecnologias, aliadas a bons métodos construtivos e ao cumprimento das normas vigentes, podem trazer grandes benefícios no que se refere à durabilidade das estruturas de concreto. Este trabalho busca analisar o desempenho de uma destas tecnologias: o concreto com ar incorporado. O aditivo incorporador de ar, estudado nesta pesquisa, é comumente utilizado em países com clima frio. O produto tem o seu uso relacionado principalmente à proteção da estrutura contra o processo de gelo e degelo. Segundo o fabricante, outros benefícios são relacionados ao seu uso, como aumento da porosidade sem o comprometimento da permeabilidade do concreto, o que viabilizaria a sua utilização também em países tropicais, como o Brasil. Tendo em vista os benefícios que este produto pode trazer para a durabilidade dos concretos, foi desenvolvido um programa experimental para testar o desempenho de concretos com ar incorporado na penetração de cloretos (Método NT 492, 1999) e na absorção de água (NBR 9779, 2012). Os concretos foram moldados com cimento CPV ARI, relação água/cimento de 0,48 e aditivo incorporador de ar no teor de 0,15% (em relação à massa de cimento). Para avaliar a influência do tempo de mistura no processo de incorporação de ar no concreto, foram utilizados tempos de misturas de 5, 20, 45 e 90 minutos. Os resultados de penetração de cloretos mostraram que a utilização do aditivo incorporador de ar não teve efeitos significativos no coeficiente de migração de cloretos. No entanto, quando testados frente à absorção de água, os concretos com adição do incorporador apresentaram maiores valores, sendo estes acentuados com o aumento do tempo de mistura.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/96308
Arquivos Descrição Formato
000914980.pdf (1.841Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.