Repositório Digital

A- A A+

Isolation and characterization of two plant growth-promoting bacteria from the rhizoplane of a legume (Lupinus albescens) in sandy soil

.

Isolation and characterization of two plant growth-promoting bacteria from the rhizoplane of a legume (Lupinus albescens) in sandy soil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Isolation and characterization of two plant growth-promoting bacteria from the rhizoplane of a legume (Lupinus albescens) in sandy soil
Autor Giongo, Adriana
Silveira, Anelise Beneduzi da
Silveira, Adriana Ambrosini da
Vargas, Luciano Kayser
Stroschein, Marcos Roberto Dobler
Eltz, Flavio Luiz Foletto
Bodanese-Zanettini, Maria Helena
Passaglia, Luciane Maria Pereira
Resumo Duas linhagens bacterianas que apresentaram amplificação de parte do gene nifH, RP1p e RP2p, pertencentes aos gêneros Enterobacter e Serratia, foram isoladas do rizoplano de Lupinus albescens. Essas bactérias são Gram-negativas, com formato de bastonete, móveis, anaeróbias facultativas e apresentam multiplicação rápida, com colônias alcançando diâmetros de 3–4 mm em 24 h de incubação a 28 ºC. RP1p e RP2p também foram capazes de multiplicação em temperaturas elevadas, como 40 ºC, na presença de alta concentração de NaCl (2–3 % v/v) e em valores de pH que variaram de 4 a 10. A linhagem RP1p foi capaz de utilizar 10 das 14 fontes de carbono avaliadas, enquanto a linhagem RP2p utilizou nove. Os isolados produziram sideróforos e compostos indólicos, mas foram incapazes de solubilizar fosfatos. A inoculação de L. albescens com as linhagens RP1p e RP2p resultou em aumento significativo do peso das plantas secas, o que demonstra que essas bactérias apresentam propriedades que favorecem o crescimento vegetal.
Abstract Two bacterial strains that amplified part of the nifH gene, RP1p and RP2p, belonging to the genus Enterobacter and Serratia, were isolated from the rhizoplane of Lupinus albescens. These bacteria are Gram-negative, rod-shaped, motile, facultative anaerobic, and fast-growing; the colonies reach diameters of 3–4 mm within 24 h of incubation at 28 °C. The bacteria were also able to grow at temperatures as high as 40 °C, in the presence of high (2–3 % w/v) NaCl concentrations and pH 4 -10. Strain RP1p was able to utilize 10 of 14 C sources, while RP2p utilized nine. The isolates produced siderophores and indolic compounds, but none of them was able to solubilize phosphate. Inoculation of L. albescens with RP1p and RP2p strains resulted in a significant increase in plant dry matter, indicating the plant-growth-promoting abilities of these bacteria.
Contido em Revista brasileira de ciencia do solo. Vol. 34, no. 2 (Mar./Apr. 2010), p. 361-369
Assunto Bactérias
Desenvolvimento vegetal
[en] indolic compounds
[en] inoculation experiment
[en] siderophores
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/96533
Arquivos Descrição Formato
000760150.pdf (372.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.