Repositório Digital

A- A A+

A formação do estado alemão e a construção do sistema bismarckiano de alianças : do congresso de Viena ao surgimento de uma potência contestadora

.

A formação do estado alemão e a construção do sistema bismarckiano de alianças : do congresso de Viena ao surgimento de uma potência contestadora

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A formação do estado alemão e a construção do sistema bismarckiano de alianças : do congresso de Viena ao surgimento de uma potência contestadora
Autor Weber, Friedrich Renê
Orientador Pereira, Analúcia Danilevicz
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Relações Internacionais.
Assunto Relações internacionais
[en] Bismarckian system
[en] German Confederation
[en] German unification
[en] Otto von Bismarck
Resumo O presente trabalho contempla a formação do Estado alemão, desde o Congresso de Viena até a construção do sistema bismarckiano de alianças. Perpassa as revoluções de 1848, inseridas no dualismo austro-prussiano e na existência da União Aduaneira, equivalente econômico da Confederação Germânica, sem a Áustria. É dada atenção especial a figura de Otto von Bismarck, chanceler e artífice da unificação alemã. Sob sua liderança, a Prússia travou três guerras contra seus vizinhos, isoladamente, de modo a forjar a unificação alemã sem a interferência de potências estrangeiras. Na última delas, o preço da fundação do Reich foi o sentimento de revanche e vingança francês, após uma vitória avassaladora que derrubou Napoleão III do poder e coroou Guilherme I Kaiser do Império Alemão. Em seguida, são analisadas as circunstâncias para cada uma das alianças feitas com as demais potências europeias a fim de evitar uma coligação revanchista francesa, na busca da construção de um sistema de alianças defensivo.
Abstract This essay shows the formation of the German state since the Viena Congress till the construction of the Birsmarckian system of alliances. It shows the revolutions of 1848 inside the autro-prussian dualism and in the existence of a respective customs union, the economic equivalent of the German Confederation, without Austria. It presents and gives special attention to the character of Otto von Bismarck, chancellor and idealist of the german unification. Under his leadership, Prussia fought separately three wars against its neighborhoods in order to forge the German unification without the intervention of foreign powers. In the last conflict, the price of the Reich’s foundation was a feeling of french revenge against Germany, after a great victory that took Napoleon III out of the power and made William I Kaiser of the German Empire. After, it will be analyzed the circumstances of each alliance done with others European powers, in order to avoid a revenge by a French colligation and to look forward to the construction of a defensive alliance system.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/96560
Arquivos Descrição Formato
000917266.pdf (1.810Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.