Repositório Digital

A- A A+

Infecções fúngicas oculares : epidemiologia e etiologia de 23 casos de ceratite fúngica no Rio Grande do Sul

.

Infecções fúngicas oculares : epidemiologia e etiologia de 23 casos de ceratite fúngica no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Infecções fúngicas oculares : epidemiologia e etiologia de 23 casos de ceratite fúngica no Rio Grande do Sul
Outro título Fungal eye infections: epidemiology and etiology of 23 cases of fungal keratitis in Rio Grande do Sul
Autor Cardoso, Isabel Cristina Espíndola
Orientador Severo, Luiz Carlos
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Pneumológicas.
Assunto Ceratite
Epidemiologia
Infecções oculares fúngicas
Rio Grande do Sul
[en] Alternaria spp.
[en] Aspergillus spp.
[en] Candida spp.
[en] Corneal infection
[en] Fusarium spp.
[en] Keratitis
[en] Myrothecium spp.
[en] Paecilomyces lilacinus
[en] Pseudallescheria boydii
Resumo A ceratite fúngica (CF) é uma micose ocular oportunística, que tem como sítio de infecção a córnea. Não é uma enfermidade de risco de vida, mas de extremo comprometimento visual e dificuldade terapêutica e, em casos graves, podendo levar à cegueira total ou mesmo a perda do globo ocular. O trabalho objetivou identificar os agentes etiológicos causadores da CF, e descrever os critérios terapêuticos empregados. No período de 1998 a 2011 foram estudados 23 casos de CF diagnosticados no Laboratório de Micologia da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre / RS. Foram analisados os aspectos demográficos, as doenças de base e os fatores associados ao desenvolvimento da doença, assim como os critérios terapêuticos. No presente estudo, a mediana de idade foi 45 anos, com variação entre 15 e 76 anos, com predomínio do gênero masculino. Os fungos filamentosos figuraram em 78% (18/23) dos casos analisados, sendo o gênero Fusarium spp. o agente etiológico de maior frequência. Concluiu-se que uma compreensão epidemiológica local e a identificação dos fatores de risco, agregados ao diagnóstico micológico precoce e eficaz, são fundamentais na prevenção e correta conduta terapêutica da CF no Rio Grande do Sul, sendo que estas práticas evitarão complicações de perda do globo ocular, melhorando o prognóstico oftalmológico do paciente.
Abstract The fungal keratitis is an ocular opportunistic mycosis, which has the cornea as site of infection. Isn’t a life-threatening disease, but with extreme visual impairment and therapeutic difficulty, which can lead to total blindness or even loss of the eyeball, in severe cases. The study aimed to identify the etiologic agents causing fungal keratitis, and describe the therapeutic criteria used. In the period 1998 to 2011 were retrospectively studied 23 cases of fungal keratitis diagnosed at the Mycology Laboratory of Irmandade Santa Casa de Misericórdia Hospital of Porto Alegre / RS. We analyzed the demographics, underlying diseases and the factors associated with disease development, as well as therapeutic criteria. In this study, the median age was 45 years old, ranging between 15 to 76 years old, predominantly male. The filamentous fungus corresponded to 78% (18/23) of the cases analyzed, and Fusarium spp. has been the etiologic agent of highest frequency. It was concluded that an understanding of local epidemiological and identification of risk factors, added to the early and effective mycological diagnosis are essential to prevent and correct therapeutic approach for fungal keratitis in Rio Grande do Sul. These practices will prevent complications of loss of the eyeball, improving the ophthalmological prognosis of the patient.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/96652
Arquivos Descrição Formato
000918487.pdf (743.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.