Repositório Digital

A- A A+

"Depois de chupar adianta bochechar com Cepacol?" : educação para a sexualidade a partir das aulas de biologia

.

"Depois de chupar adianta bochechar com Cepacol?" : educação para a sexualidade a partir das aulas de biologia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título "Depois de chupar adianta bochechar com Cepacol?" : educação para a sexualidade a partir das aulas de biologia
Autor Castro, Andressa Caporale de
Orientador Felipe, Jane
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Curso de Ciências Biológicas: Licenciatura.
Assunto Educação sexual
Ensino médio
Resumo Este trabalho tem como objetivo geral propor ações que visem uma educação para a sexualidade no âmbito escolar, a partir das teorizações de Felipe, Xavier Filha e Ribeiro (2009). Para discutir e aprofundar o conceito de gênero, recorro a Louro (1997), Scott (1995), bem como a Weeks (1999) e Furlani (2011) para problematizar o conceito de sexualidade. A revisão bibliográfica também teve como intuito de procurar informações a respeito de trabalhos já realizados neste campo temático. Em seguida, a partir das palestras por mim ministradas sobre o tema da sexualidade com três turmas do Ensino Médio de uma escola pública, tomando também por base as dúvidas pontuadas pelos/as alunos/as, trago algumas reflexões sobre a formação docente na área da biologia, buscando refletir sobre uma educação para sexualidade mais ampla, que não se limite apenas aos aspectos biológicos, mas que possa contemplar também as perspectivas históricas, sociais e culturais. Assim, questões de gênero, diversidade e orientação sexual estão presentes neste trabalho. Embora os PCN (Parâmetros Curriculares Nacionais) tenham colocado a sexualidade como tema transversal, devendo ser ministrada conjuntamente em várias áreas, não só restrita às aulas de biologia ou ciências, a escola ainda está longe de seguir tais recomendações. Desse modo, este trabalho propõe algumas temáticas consideradas fundamentais para promover o debate entre os jovens, como sugere Felipe (2009), a saber: história do corpo e da sexualidade, história do amor e da família, maternidade com aprisionamento, paternidade responsável, identidades de gênero e identidades sexuais, violência doméstica e violência sexual, maus tratos emocionais, dentre outros temas.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/96677
Arquivos Descrição Formato
000918197.pdf (537.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.