Repositório Digital

A- A A+

Comparação dos níveis de privações entre agricultores familiares no semiárido norte-mineiro frente aos programas de convivência e do microcrédito produtivo rural

.

Comparação dos níveis de privações entre agricultores familiares no semiárido norte-mineiro frente aos programas de convivência e do microcrédito produtivo rural

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação dos níveis de privações entre agricultores familiares no semiárido norte-mineiro frente aos programas de convivência e do microcrédito produtivo rural
Autor Carneiro Filho, João
Orientador Souza, Marcelino de
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Agricultura familiar
Crédito rural
Microcrédito
Minas Gerais
Pobreza rural
[en] Capability approach
[en] Coexistence with the semiarid region
[en] Public policy
[en] Rural development
Resumo O estudo tenta investigar quais são as fontes de privações que impedem a expansão das liberdades dos agricultores familiares no semiárido norte-mineiro e se a presença do Microcrédito Produtivo Rural (o Agroamigo) e dos Programas de Formação e Mobilização para a Convivência com o Semiárido: Um Milhão de Cisternas Rurais (P1MC/P1 +2) apresenta alguma eficácia com vistas à redução dos níveis de privações destes agricultores. A hipótese central que guia o itinerário deste trabalho tenta confirmar que as políticas e programas voltados para a região do semiárido norte-mineiro, mesmo que articulados, ainda são insuficientes para causar grandes efeitos na agricultura familiar. O que se observa também é a falta, por parte dos agricultores, de uma formação contextualizada para conviver com o semiárido por meio da adoção de tecnologias apropriadas e de estratégias para o enfrentamento à seca. O estudo demandou como aportes teóricos o pensamento crítico do semiárido e a abordagem das capacitações com a finalidade de explicar a realidade da base empírica. Para tanto, foram coletadas 92 amostras em seis comunidades rurais no município de Januária/MG, cujos dados foram operacionalizados e, posteriormente, analisados com base na abordagem das capacitações. A construção do Índice de Liberdade do Agricultor Familiar no Semiárido Norte-Mineiro (ILAF-SAM) deu suporte para mensurar os níveis de privações identificadas nos grupos de funcionamentos de cada liberdade instrumental. Os resultados revelaram ILAF-SAM muito baixo (0,387) na liberdade “A formação contextualizada e a convivência com o semiárido norte-mineiro”, enquadrando-se no nível extremamente alto de privação de liberdade para os agricultores conviverem com o fenômeno da seca. As oportunidades sociais (ILAF-SAM = 0,599), as facilidades econômicas (ILAF-SAM = 0,598), a segurança protetora (ILAF = 0,502) e as garantias de transparência (ILAF-SAM = 0,640), compuseram as principais fontes de privações que cerceiam os agricultores de ampliarem as suas liberdades. Observou-se também fraca articulação entre os programas de convivência e o Microcrédito Produtivo Rural a fim de reduzir as fontes de privações dos agricultores familiares. Mesmo assim, os resultados encontrados em algumas variáveis, isoladamente, foram relevantes no sentido de complementar este estudo e abrir novas perspectivas de pesquisas no semiárido norte-mineiro.
Abstract The study attempts to investigate what are the sources of deprivations that prevent the expansion of the freedoms of family farmers in the semiarid of northern Minas Gerais and whether the presence of the Rural Productive Microcredit (Agroamigo) and of the Training and Mobilization Programs for Coexistence with Semiarid Conditions: One Million Rural Cisterns (P1MC/P1 +2) has some efficacy in reducing the levels of deprivation of these farmers. The central hypothesis guiding the itinerary of this paper tries to confirm that policies and programs for the semiarid region of the northern Minas Gerais, even when conjoined, are insufficient to cause major positive effects on family farming. What is also observed is the lack, on the part of the farmers, of a contextualized training for living in the semiarid through the adoption of appropriate technologies and strategies for coping with drought. The study demanded as theoretical supports the critical thinking of the semiarid and the capabilities approach in order to explain the reality of the empirical basis. Therefore, 92 samples were collected in six rural communities in the municipality of Januária / MG, whose data were operationalized and subsequently analyzed using the capabilities approach. The construction of the Index of Freedom of the Family Farmer in the semiarid northern Minas Gerais (ILAFSAM) supported measuring the levels of deprivation identified in the groups of each instrumental freedom. The results revealed a very low (0.387) ILAF-SAM for the freedom "Contextualized training and coexistence with the semiarid northern Minas Gerais", characterizing an extremely high level of deprivation of freedom for farmers to live with the phenomenon of drought. Social opportunities (ILAF-SAM = 0.599), the economic possibilities (ILAF-SAM = 0.598), protective security (ILAF = 0.502) and guarantees of transparency (ILAF-SAM = 0.640), along with the previous one, composed the main sources of deprivation that curtail farmers from extending their freedoms.We also observed weak connections between these programs for living with the semiarid and the Rural Productive Microcredit with the aim of reducing the sources of deprivations for family farmers.Even so, the results in some isolated variables were relevant in order to complement this study and open new perspectives for research in the semiarid northern Minas Gerais.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/96703
Arquivos Descrição Formato
000917791.pdf (5.646Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.