Repositório Digital

A- A A+

Sobre morrer com câncer : as lições de Hollywood

.

Sobre morrer com câncer : as lições de Hollywood

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sobre morrer com câncer : as lições de Hollywood
Outro título Morir con cáncer : las lecciones de Hollywood
Outro título Dying with cancer : Hollywood lessons
Autor Niemeyer, Fernanda
Kruse, Maria Henriqueta Luce
Resumo O estudo busca conhecer o modo pelo qual a morte de pessoas com câncer é apresentada por cinco filmes produzidos em Hollywood entre 1993 e 2006. Com base nos estudos culturais, na vertente pós-estruturalista e com o apoio das noções de discurso e subjetividade propostas pelo filósofo Michel Foucault, articulamos uma das possíveis leituras do corpus fílmico. Avaliamos como o discurso cinematográfico atua como uma pedagogia cultural que produz modos de ver o morrer com câncer: imortalizando a imagem do corpo saudável, silenciando a morte, cuidando do corpo morto e, por fim, aceitando a morte. Nossa proposta é suscitar reflexões que possam contribuir para a assistência e para a docência em enfermagem.
Resumen El estudio busca conocer el modo cómo la muerte de personas con cáncer es presentada por cinco películas producidas en Hollywood, entre 1993 y 2006. Con base en los estudios culturales y su versión posestructuralista y sostenidas por las nociones de discurso y subjetividad, propuestas por el filósofo Michel Foucault, articulamos una de las posibles lecturas del corpus cinematográfico. Evaluamos que el discurso cinematográfico actúa como una pedagogía cultural que produce maneras de ver el morir con cáncer: inmortalizando la imagen del cuerpo saludable, silenciando la muerte, cuidando del cuerpo muerto y, por fin, aceptando la muerte. Nuestra propuesta es suscitar reflexiones que puedan contribuir para la asistencia y la enseñanza en enfermería.
Abstract The study attempts to understand how dying from cancer is portrayed by five movies produced in Hollywood between 1993 and 2006. Based on the cultural studies and their post-structuralism version and supported by the notions of discourse and subjectivity, as proposed by philosopher Michel Foucault, we suggest one of the possible readings of the movie picture corpus. We assess how the movie picture discourse acts as a cultural pedagogy that produces ways of seeing dying with cancer: immortalizing the healthy body image, silencing death, taking care of the dead body and, finally, accepting death. Our proposal is intended to stimulate reflections that may contribute to care and education in nursing.
Contido em Revista gaúcha de enfermagem. Porto Alegre. Vol. 34, n. 4 (dez. 2013), p. 161-169
Assunto Câncer : Cinema : Discurso
Doente terminal
Enfermagem : Cinema
Neoplasias
[en] Culture
[en] Death
[en] Education
[en] Nursing
[es] Cine como asunto
[es] Cultura
[es] Educación
[es] Enfermería
[es] Enfermo terminal
[es] Muerte
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/96798
Arquivos Descrição Formato
000915604.pdf (737.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.