Repositório Digital

A- A A+

Relações de gêneros e liderança nas organizações : rumo a um estilo andrógino de gestão

.

Relações de gêneros e liderança nas organizações : rumo a um estilo andrógino de gestão

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Relações de gêneros e liderança nas organizações : rumo a um estilo andrógino de gestão
Outro título Relations of gender and leadership in organizations : towards an androgynous style of management
Autor Santos, Jean Carlo Silva dos
Antunes, Elaine di Diego
Resumo Trata-se de um ensaio teórico, realizado com base em pesquisa bibliográfi ca, com o objetivo analisar e descrever como os estereótipos, as diferenças e as desigualdades de gênero constroem barreiras para a ascensão de mulheres a cargos de liderança nas organizações. O ensaio discute também as implicações da gestão andrógina (KARK, 2004)como alternativa de igualdade de oportunidades para homens e mulheres ascenderem como líderes. Por meio da teoria da identidade do papel sexual,são demonstrados os estereótipos socialmente construídos sobre o papel masculino e feminino, os quais estabelecem barreiras para a ascensão da mulher a cargos de prestígio e poder nas organizações, mesmo com a inserção maciça de mulheres no mercado de trabalho. Conclui-se que o estilo andrógino de gestão constitui uma alternativa para o estabelecimento de relações de igualdade de condições e de oportunidades entre homens e mulheres, ao mesmo tempo em que transpõe a polarização existente entre os gêneros e promove sua integração. Enfi m, o estilo andrógino de gestão pode ser considerado uma atitude de mudança cultural e comportamental no que diz respeito ao papel social do gênero. O avanço nas pesquisas sobre a liderança andrógina suscita novos caminhos e possibilidades de análise sobre como os indivíduos andróginos percebem e exercem sua liderança e proporciona novas perspectivas para o entendimento dos constructos sociais do papel de gênero e das barreiras que impedem a ascensão profi ssional das mulheres.
Abstract This is a theoretical essay based on bibliographical research whose objective is to analyze and describe how gender stereotypes, differences and inequalities build barriers to the ascension of women to positions of leadership in organizations. It also discusses the implications of androgynous management as an alternative to the equality of opportunities to both men and women to ascend as leaders. Through the theory of gender role identity, the stereotypes built on female and male roles are demonstrated, which establish barriers to the ascension of women to positions of power and prestige in organizations, despite their massive insertion in the labor market. It is concluded that the androgynous management style constitutes an alternative to the establishment of relations of equality in the conditions and opportunities for men and women, as it also overcomes the polarization that exists between genders, promoting their integration. Finally, the androgynous management style can be considered an attitude of cultural and behavioral change in what concerns the social role of gender. The advance in research on androgynous leaderships opens new paths and possibilities to the analysis of how androgynous individuals perceive and exert their leadership, providing new perspectives to understanding social constructs on the role of gender and the barriers that hinder women’s professional ascension.
Contido em Gestão Contemporânea [recurso eletrônico]. Porto Alegre. Vol. 10, n. 14, (jul./dez. 2013), p. 35-60
Assunto Androginia
Liderança
Relações de gênero
[en] Androgynous leadership
[en] Androgyny
[en] Gender relationships
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/96848
Arquivos Descrição Formato
000915792.pdf (168.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.