Repositório Digital

A- A A+

Os indicadores de qualidade da prescrição de medicamentos da Organização Mundial da Saúde ainda são válidos?

.

Os indicadores de qualidade da prescrição de medicamentos da Organização Mundial da Saúde ainda são válidos?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os indicadores de qualidade da prescrição de medicamentos da Organização Mundial da Saúde ainda são válidos?
Outro título Are the drug prescription quality indicators of the World Health Organization still valid?
Autor Fröhlich, Samanta Maria Etges
Mengue, Sotero Serrate
Resumo Este artigo tem como objetivo analisar os indicadores de qualidade da prescrição de medicamentos propostos em 1993 pela Organização Mundial da Saúde e sugerir novos indicadores, em razão do novo perfil de morbidade da população. Para tanto, se realizou um estudo transversal, através de entrevista pessoal e análise de prescrições de 320 usuários de Unidades de Estratégia Saúde da Família em um município brasileiro no estado do Rio Grande do Sul. Esses usuários foram recrutados por meio do método de amostragem não probabilístico consecutivo. Considerando os resultados obtidos com os indicadores de qualidade da prescrição propostos pela Organização Mundial da Saúde, as prescrições podem ser consideradas adequadas. Contudo, a análise desses indicadores mostrou que, atualmente, eles podem ser inapropriados. Portanto, novos indicadores foram desenvolvidos. Pela nova proposta de indicadores, simples e de fácil quantificação, pôde-se perceber os problemas em uma prescrição de medicamentos com o intuito de guiar para uma ação subsequente.
Abstract The scope of this article is to analyze the drug prescription quality indicators proposed by the World Health Organization in 1993 and suggest new indicators attuned to the new profile of illness of the population. For this purpose, a cross-sectional study was conducted by means of personal interviews and prescription analysis among 320 patients who were attended at Strategic Family Health Units located in a Brazilian municipality in the state of Rio Grande do Sul. The users were recruited by the consecutive nonprobabilistic sampling method. In accordance with the drug prescription quality indicators of the World Health Organization, the prescriptions can be considered adequate. However, analysis of those indicators shows that they may currently be inappropriate. Therefore, new indicators were created. Using the new, easily quantifiable and straightforward indicators proposed, it was possible to detect the problems in a drug prescription with a view to taking corrective action.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Vol. 16, n. 4 (abr. 2011), p. 2289-2296
Assunto Indicadores de qualidade em assistência à saúde
Medicamentos
Prescrições de medicamentos
[en] Prescription,
[en] Primary healthcare
[en] Quality of drug prescription indicators
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/96865
Arquivos Descrição Formato
000915185.pdf (39.86Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.