Repositório Digital

A- A A+

Compressão torácica com incremento da pressão em ventilação com pressão de suporte : efeitos na remoção de secreções, hemodinâmica e mecânica pulmonar em pacientes em ventilação mecânica

.

Compressão torácica com incremento da pressão em ventilação com pressão de suporte : efeitos na remoção de secreções, hemodinâmica e mecânica pulmonar em pacientes em ventilação mecânica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Compressão torácica com incremento da pressão em ventilação com pressão de suporte : efeitos na remoção de secreções, hemodinâmica e mecânica pulmonar em pacientes em ventilação mecânica
Outro título Chest compression with a higher level of pressure support ventilation : effects on secretion removal, hemodynamics, and respiratory mechanics in patients on mechanical ventilation
Autor Naue, Wagner da Silva
Forgiarini Júnior, Luiz Alberto
Dias, Alexandre Simões
Vieira, Silvia Regina Rios
Resumo Determinar a eficácia da manobra de compressão torácica, associada ao acréscimo de 10 cmH2O na pressão inspiratória basal em modo ventilatório com pressão de suporte, em comparação com a da aspiração isolada, em relação a remoção de secreções, normalização da hemodinâmica e melhora da mecânica pulmonar em pacientes em ventilação mecânica. Métodos: Ensaio clínico randomizado cruzado incluindo pacientes em ventilação mecânica por mais de 48 h internados no CTI do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, em Porto Alegre, RS. Os pacientes foram randomizados para receber aspiração isolada (grupo controle) ou compressão torácica associada ao acréscimo de 10 cmH2O na pressão inspiratória basal em modo ventilatório com pressão de suporte (grupo intervenção). Foram mensurados parâmetros hemodinâmicos e de mecânica respiratória, assim como a quantidade de secreção aspirada. Resultados: Foram incluídos 34 pacientes. A idade média foi de 64,2 ± 14,6 anos. Na comparação com o grupo controle, o grupo intervenção apresentou uma maior mediana da quantidade de secreção aspirada (1,9 g vs. 2,3 g; p = 0,004), maior aumento da variação da média do volume corrente expirado (16 ± 69 mL vs. 56 ± 69 mL; p = 0,018) e maior aumento da variação da média da complacência dinâmica (0,1 ± 4,9 cmH2O vs. 2,8 ± 4,5 cmH2O; p = 0,005). Conclusões: Na amostra estudada, a compressão torácica associada ao aumento da pressão de suporte aumentou significativamente a quantidade de secreção aspirada, o volume corrente expirado e a complacência dinâmica.
Abstract To determine the efficacy of chest compression accompanied by a 10-cmH2O increase in baseline inspiratory pressure on pressure support ventilation, in comparison with that of aspiration alone, in removing secretions, normalizing hemodynamics, and improving respiratory mechanics in patients on mechanical ventilation. Methods: This was a randomized crossover clinical trial involving patients on mechanical ventilation for more than 48 h in the ICU of the Porto Alegre Hospital de Clínicas, in the city of Porto Alegre, Brazil. Patients were randomized to receive aspiration alone (control group) or compression accompanied by a 10-cmH2O increase in baseline inspiratory pressure on pressure support ventilation (intervention group). We measured hemodynamic parameters, respiratory mechanics parameters, and the amount of secretions collected. Results: We included 34 patients. The mean age was 64.2 ± 14.6 years. In comparison with the control group, the intervention group showed a higher median amount of secretions collected (1.9 g vs. 2.3 g; p = 0.004), a greater increase in mean expiratory tidal volume (16 ± 69 mL vs. 56 ± 69 mL; p = 0.018), and a greater increase in mean dynamic compliance (0.1 ± 4.9 cmH2O vs. 2.8 ± 4.5 cmH2O; p = 0.005). Conclusions: In this sample, chest compression accompanied by an increase in pressure support significantly increased the amount of secretions removed, the expiratory tidal volume, and dynamic compliance.
Contido em Jornal brasileiro de pneumologia. São Paulo. Vol. 40, n. 1 (jan./fev. 2014), p. 55-60
Assunto Modalidades de fisioterapia
Respiração artificial
Terapia respiratória
Unidades de terapia intensiva
[en] Intensive care units
[en] Physical therapy modalities
[en] Respiration, artificial
[en] Respiratory therapy
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/96967
Arquivos Descrição Formato
000917277.pdf (182.7Kb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.