Repositório Digital

A- A A+

Fatores que influenciam na escolha do tipo de modalidade do microcrédito : um estudo de caso na OSCIP Portosol

.

Fatores que influenciam na escolha do tipo de modalidade do microcrédito : um estudo de caso na OSCIP Portosol

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores que influenciam na escolha do tipo de modalidade do microcrédito : um estudo de caso na OSCIP Portosol
Autor Petry, Caroline Danielle
Orientador Barcellos, Marcia Dutra de
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Empreendedorismo
Microcrédito
Resumo Considerado um dos proponentes de soluções para problemas sociais de diversas ordens, o microcrédito ganhou visibilidade mundial depois que Muhammad Yunus e seu banco, o GRAMEEN Bank, dividiram o prêmio Nobel em 2006. Visto como uma política social de inclusão de marginalizados, o microcrédito espalhou-se pelo mundo como uma ferramenta de inclusão de pessoas marginalizadas pelo sistema convencional bancária. Assim surgiu a PORTOSOL, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) de caráter social que faz pequenos empréstimos a pequenos empreendedores independente do seu registro formal. Operam com sistemas mais flexíveis, quase que eliminando as tradicionais garantias, procurando minimizar as burocracias nas operações. Na ideia original de Yunus, os empréstimos só poderiam ser obtidos a um grupo de tomadores, que ficavam responsáveis pelo pagamento do valor total, fazendo o papel de avalistas deles mesmo. Porém, quando aplicado essa política no Brasil, houve adaptações como a criação da modalidade individual com uma taxa de juros menos atrativa se comparada a coletiva, mas mais atrativa se comparado as fornecidas pelos bancos convencionais. Considerando esses aspectos, esse estudo tem como objetivo identificar os fatores que influenciam na escolha do tipo de modalidade do microcrédito na OSCIP PORTOSOL. Para isso, foi analisado os motivos e os critérios que levam os indivíduos a tornarem-se tomadores de crédito e o perfil dos clientes da instituição estudada. Foi realizada também pesquisa exploratória qualitativa, através de entrevistas com os beneficiários do crédito e gestores da entidade, além de observação direta. Esse estudo reconheceu os motivos e critérios na escolha da modalidade de crédito como consequência do perfil dos clientes da PORTOSOL. De modo geral, são pessoas com poucos estudos que passam dificuldades para se sustentar e pagar suas contas e, veem no microcrédito, a possibilidade de aumento de renda.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/97016
Arquivos Descrição Formato
000918315.pdf (393.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.