Repositório Digital

A- A A+

Consumer behaviour towards organic food in Porto Alegre : an application of the theory of planned behaviour

.

Consumer behaviour towards organic food in Porto Alegre : an application of the theory of planned behaviour

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Consumer behaviour towards organic food in Porto Alegre : an application of the theory of planned behaviour
Autor Hoppe, Alexia
Vieira, Luciana Marques
Barcellos, Marcia Dutra de
Resumo O estudo investiga o processo de tomada de decisão dos consumidores, suas atitudes e valores em relação ao alimento orgânico pelo uso da Teoria do Comportamento Planejado, adaptando a metodologia de um estudo da União Europeia. Foram entrevistados 450 consumidores em supermercados e feiras ecológicas em Porto Alegre, Brasil. Os resultados indicam um grande nível de penetração e uma atitude muito positiva em relação aos produtos orgânicos. Os entrevistados acreditam que os alimentos orgânicos são mais saudáveis, saborosos, mais naturais e ambientalmente corretos, apesar de serem menos atraentes visualmente e mais caros que alimentos convencionais. Os respondentes das feiras ecológicas representam um segmento específico com valores mais orientados para questões sociais. Os resultados mostram um alinhamento entre atitude positiva e comportamento do consumidor na amostra estudada. O estudo contribui para todas as partes envolvidas na cadeia de produtos orgânicos, já que o conhecimento dos atributos mais valorizados pelos consumidores pode apoiar o varejo a coordenarem a cadeia de suprimentos, estimulando mais produtores na adesão à certificação orgânica, melhorando suas práticas produtivas e renda. Consumidores também se beneficiam da oferta de alimentos orgânicos.
Abstract The aim of this study was to investigate consumers’ decision-making process, attitudes and values towards organic food throughout the employment of the Theory of Planned Behaviour, adapting the methodology from a European project. 450 consumers were interviewed at supermarkets and farmers’ markets in Porto Alegre, Brazil. Results indicate a high penetration level and very positive attitude towards organic products. Organics are believed to be healthier, tastier, more natural and environmental friendly, although being less attractive and more expensive than conventional food. Respondents from the farmers’ market represent a specific segment whose values are more oriented toward society. The findings showed an alignment between positive attitude and consumption behaviour among the surveyed consumers. The study finally contributes to the stakeholders in general, since the knowledge of the attributes more valued by consumers can help retailers to play the role of coordinators of this supply chain, stimulating producers to adhere to organic certification, helping them to upgrade their production practices and improve their income. Consumers are also benefiting from this offer in the market.
Contido em Revista de economia e sociologia rural. São Paulo. Vol. 51, n. 1 (jan./mar. 2013), p. 69-90
Assunto Alimentos orgânicos
Comportamento do consumidor
[en] consumer behaviour
[en] Organic food
[en] survey
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/97058
Arquivos Descrição Formato
000883703.pdf (1.079Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.