Repositório Digital

A- A A+

Mercado de ações : um estudo da diferença de preços entre ações ordinárias e preferenciais no Brasil

.

Mercado de ações : um estudo da diferença de preços entre ações ordinárias e preferenciais no Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mercado de ações : um estudo da diferença de preços entre ações ordinárias e preferenciais no Brasil
Autor Ianda, Tito Francisco
Orientador Perlin, Marcelo Scherer
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Administração.
Assunto Mercado de ações
Precificação
[en] Common share
[en] Preferred shares
[en] Pricing
[en] Stock market
Resumo O presente trabalho foi resultado de uma investigação da diferença de preços entre ações ordinárias e preferenciais no Brasil. O trabalho foi desenvolvido com o objetivo de identificar e explicar ao mercado acionário brasileiro a razão da diferença de preços entre ações ordinárias e preferenciais com base na análise de dados. Para atingir os objetivos pré-estabelecidos, foram selecionadas 6 companhias de capital aberto com melhores desempenhos no mercado de ações no terceiro trimestre de 2013. As companhias selecionadas foram: Bradesco S.A, Gerdau S.A, ITAUSA, Petrobras S.A, Usiminas S.A e Vale S.A. As referidas companhias foram analisadas historicamente envolvendo aspectos como os preços diários de ações ordinárias e preferenciais entre 2010 a 2013, composição acionária e estrutura da governança corporativa. Com aplicação de ferramentas estatística de análise de dados, foi verificado que as companhias selecionadas apresentam diferenças significativas de preços entre ações ordinárias e preferenciais. O resultado revelou que a diferença de preços está fortemente relacionada ao perfil de cada companhia selecionada. As companhias de ramo familiar oferecem ações ordinárias mais baratas que as preferenciais, enquanto as empresas não familiares precificam ações preferenciais mais baratas que as ordinárias. Estas também possuem o maior volume de ações com direito a voto em poder da família, inviabilizando a inserção de um terceiro no controle da companhia.
Abstract This work was the result of an investigation of the price difference between common and preferred shares in Brazil. The work was developed with the goal of identifying and explaining the Brazilian stock market, the reason for the price difference between common and preferred shares based on data analysis. To achieve the predetermined goals, we selected six public companies best performing stock market in the third quarter of 2013. The companies selected were: Bradesco S.A, Gerdau S.A, Itaú S.A, SA Petrobras, Usiminas S.A and Vale S.A. These companies were analyzed historically involving aspects such as daily prices of common and preferred shares from 2010 to 2013, ownership structure and corporate governance framework. With application of statistical tools for data analysis it was found that the selected companies have significant price differences between common and preferred shares. The result showed that the price difference is strongly related to each selected company profile. The family branch companies offer cheaper that the preferred shares, while non-family businesses precipice cheaper than ordinary preferred shares. These also have the largest number of shares with voting rights held by the family, preventing the insertion of a third party in control of the company.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/97126
Arquivos Descrição Formato
000919317.pdf (531.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.