Repositório Digital

A- A A+

EFIcácia e SEgurança do emprego de Stents FARmacológicos no mundo real : seguimento de até 8 anos – Registro EFISESFAR

.

EFIcácia e SEgurança do emprego de Stents FARmacológicos no mundo real : seguimento de até 8 anos – Registro EFISESFAR

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título EFIcácia e SEgurança do emprego de Stents FARmacológicos no mundo real : seguimento de até 8 anos – Registro EFISESFAR
Autor Pellegrini, Denise Machado de Oliveira
Orientador Moriguchi, Emílio Hideyuki
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde: Cardiologia e Ciências Cardiovasculares.
Assunto Anomalias dos vasos coronários
Incidência
Resultado de tratamento
Seguimentos
Stents farmacológicos
Resumo doença cardiovascular é a principal causa de mortalidade no planeta. Marcantes avanços no seu tratamento foram alcançados nas últimas décadas. O uso de stents farmacológicos (SFs), o mais recente destes avanços, tem sido amplamente testado em diversos cenários clínicos. Quando analisamos a história da cardiologia intervencionista, desde os resultados iniciais de Andreas Gruntzig, até as evidências atuais com plataformas bioabsorvíveis, concluímos que o principal avanço do uso dos stents farmacológicos foi reduzir de forma inequívoca os principais limitantes de suas tecnologias antecedentes (angioplastia por cateter-balão e stents convencionais), a reestenose e trombose intra-stent. Seu progresso não limitou-se às drogas anti-reestenóticas e seus polímeros carreadores. Também houve evolução na confecção de plataformas mais maleáveis e com melhor navegabilidade. Após o impacto inicial da primeira geração de stents farmacológicos, hoje encontramo-nos na transição entre a segunda e a terceira geração destes dispositivos, ainda com resultados iniciais, cuja principal mudança é a confecção de plataformas bioabsorvíveis. Estas evoluções tecnológicas ampliaram o uso dos SFs para cenários clínicos outrora restritos, como pacientes multiarteriais, diabéticos e renais crônicos. Os resultados obtidos demonstram eficácia e segurança neste grupo de pacientes de alto risco. Desta forma, o uso dos stents farmacológicos tornou-se uma realidade no tratamento da doença aterosclerótica cardiovascular. O uso em cenários e pacientes de alta complexidade revolucionou a cardiologia intervencionista, demonstrando a eficácia e segurança destes stents ao longo do tempo.
Abstract Cardiovascular disease is the leading cause of mortality on the planet. Remarkable advances in treatment of coronary heart disease have been achieved in recent decades. The use of drug-eluting stents (DES), one of the most important advances, has been widely tested in several clinical scenarios. When we analyze the history of interventional cardiology, from the initial results of Andreas Gruntzig, until the current evidence with bioabsorbable platforms, we concluded that the main advancement of the use of drug-eluting stents was reduce unequivocally the most important limiting factors of their previous technology (angioplasty balloon and conventional stents), restenosis and intra-stent thrombosis. This progress is not limited to antirestenotic drugs or polymeric carriers. There were also developments of platforms more malleable and with better navigability. After the initial impact of the first generation of stents, today we are in transition between the second and third generation of these devices, whose main change is the bioabsorbable platforms. These technological developments have expanded the use of DES for clinical scenarios once restricted, such as patients with multivessel disease, diabetes and chronic renal disease. The obtained results demonstrate safety and efficacy in this group of high-risk patients. Thus, the use of drug-eluting stents has become a reality in the treatment of atherosclerotic cardiovascular disease. The use in scenarios and patients of high complexity revolutionized the interventional cardiology, demonstrating the efficacy and safety of these stents over time.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/97181
Arquivos Descrição Formato
000920565.pdf (755.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.