Repositório Digital

A- A A+

Frequência de ocorrência de acidentes de trabalho implicando exposição a material biológico entre profissionais de saúde e estudantes que atuam no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 2006 a 2011

.

Frequência de ocorrência de acidentes de trabalho implicando exposição a material biológico entre profissionais de saúde e estudantes que atuam no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 2006 a 2011

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Frequência de ocorrência de acidentes de trabalho implicando exposição a material biológico entre profissionais de saúde e estudantes que atuam no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, 2006 a 2011
Autor Dias, Renata Morosini
Orientador Kuchenbecker, Ricardo de Souza
Data 2013
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia.
Assunto Acidentes de trabalho
Estudantes
Estudos transversais
Exposição a agentes biológicos
Pessoal de saúde
[en] Blood and body fluids occupational exposure
[en] Occupational accidents
Resumo O estudo trata de acidentes com material biológico que ocorreram com os profissionais de saúde, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2011. Um estudo observacional retrospectivo que objetivou caracterizar a frequência de ocorrência de acidentes ocupacional determinando a exposição a material biológico entre profissionais de saúde. Foram analisados 1.283 acidentes formalmente registrados pelo Serviço de Medicina Ocupacional do HCPA entre janeiro de 2006 a dezembro de 2011. Foi possível constatar a predominância de acidentes com materiais perfurocortantes (80%) dentre todos os acidentes com material biológico registrados no estudo ao longo de 6 anos. Verificou-se que os técnicos de enfermagem e os médicos residentes foram os profissionais que mais se acidentaram. Com relação ao comportamento dos acidentes ao logo destes 6 anos, a análise da série temporal evidenciou que houve uma tendência de aumento dos acidentes com material biológico entre os médicos residentes. Já com os demais profissionais de saúde, a série temporal apresentou-se estacionária.
Abstract The study comes to accidents with biological material that occurred with health professionals, Hospital de Clinicas de Porto Alegre (HCPA), from January 2006 to December 2011. A retrospective observational study aimed to characterize the frequency of accidents determining occupational exposure to biological material among health professionals. The study analysed 1,283 formally registered by the Occupational Medicine Department of the institution between January 2006 to December 2011. It was possible to observe the prevalence of accidents with sharps (80%) of all accidents with biological material recorded in the study just 6 years. It was found that the nursing staff and the residents were professionals who were hurt more. With respect to the behavior of these accidents the logo six years, the analysis of time series showed that there was an increasing trend of accidents with biological material among medical residents. Already with other health professionals, the series presented stationary.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/97252
Arquivos Descrição Formato
000920063.pdf (891.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.