Repositório Digital

A- A A+

A evolução do INPC e seus componentes no período de 1995-2012 : existe um papel para a renda?

.

A evolução do INPC e seus componentes no período de 1995-2012 : existe um papel para a renda?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A evolução do INPC e seus componentes no período de 1995-2012 : existe um papel para a renda?
Autor Ourique, Cauã Fonseca
Orientador Milan, Marcelo
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Cost of living
[en] Income
[en] Index numbers.
[en] Inflation
[en] National CPI
[en] Price changes
Resumo O trabalho busca entender como o INPC se comportou ao longo do período entre 1995 e 2012. Procura também, avaliar o impacto dos componentes e das variações nas 11 capitais observadas no indicador sobre o índice agregado. Em terceiro lugar, verifica como a renda dessas capitais influenciou na evolução dos preços e se há relação entre o nível de rendimento das famílias e o nível dos preços. O INPC reflete a evolução do custo de vida da população brasileira mais pobre brasileira – faixa de renda de 1 a 5 salários mínimos - ou seja, é a parcela mais sensível à mudança nos níveis dos preços. Por isso, se mostra importante compreender as variáveis que influenciam o crescimento deste índice de inflação. E para isso inicialmente o trabalho discute a evolução teórica dos números-índices, e as abordagens sobre inflação. Além disso, apresenta outros índices produzidos no Brasil, como IGP – FGV, IPCA – IBGE, e IPC – FIPE. Na última parte do trabalho, descreve-se como os componentes do INPC e as capitais brasileiras influenciaram no índice nacional, atribuindo maior ou menor importância de acordo com o resultado encontrado. E por fim, de forma a identificar o papel que a renda, determinante da demanda, possui na inflação, investiga se as regiões de renda maior apresentaram índices de preços mais altos que as regiões de renda menor.
Abstract This work seeks to understand how the INPC (National CPI) has changed for the period between 1995 e 2012. The research also evaluates the impact of the INPC components and the price changes observed in 11 capitals cities of states included in the indicator on the aggregate index. Third, it verifies how the income of these capitals cities influenced on the prices changes and whether or not there is a relationship between the income level of the families and the price levels. This is because the INPC reflects the changes in the cost of living of the poorest Brazilians – those whose incomes range between 1 and 5 minimum wages – in other words, the ones who are the most sensitive to changes in the price level. It is therefore important to comprehend the variables that induce the growth rate of this price index. In order to do that, this work initially discusses the theoretical development of price indices and the different approaches about inflation. Moreover, it presents other indexes measured in Brazil, such as IGP-FGV, IPCA-IBGE and IPC-FIPE. It is described how the components of INPC and how the Brazilian capital cities have influenced the national index, assigning more or less importance according to the results found. Finally, it is asked if the regions with higher incomes have presented higher price indices than the lower income regions, in order to identify the role that income, a major determinant of demand, plays on inflation.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/97645
Arquivos Descrição Formato
000915195.pdf (749.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.