Repositório Digital

A- A A+

A implantação do modelo do setor de telecomunicações e seus reflexos sobre a prestação do serviço de telefonia fixa no Rio Grande do Sul

.

A implantação do modelo do setor de telecomunicações e seus reflexos sobre a prestação do serviço de telefonia fixa no Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A implantação do modelo do setor de telecomunicações e seus reflexos sobre a prestação do serviço de telefonia fixa no Rio Grande do Sul
Autor Baggio, Álvaro Henrique
Orientador Florissi, Stefano
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Competition
[en] Infrastructure
[en] Landline telephony
[en] Regulation
[en] Telecommunications
Resumo Esse trabalho objetiva analisar as modificações introduzidas pelo novo modelo do setor de telecomunicações e seus reflexos na prestação do serviço de telefonia fixa no Rio Grande do Sul. Aborda as experiências internacionais que subsidiaram o processo de reestruturação do setor de telecomunicações no Brasil. Apresenta a base legal com as principais características do modelo brasileiro de telecomunicações, como a criação da agência reguladora, a abertura e segmentação do mercado para a competição, o preço-teto, a política tarifária sem subsídios entre os serviços de telefonia fixa e as metas de universalização e qualidade. Avalia os reflexos da implantação do modelo no Rio Grande do Sul, após um levantamento detalhado sobre as informações da concessionária de telefonia fixa CRT. O resultado das investigações apontam os prejuízos à população gaúcha e à CRT, da gestão do consórcio privado e da omissão da Anatel. Considera que o resultado do modelo para a telefonia fixa não foi adequado no que se refere à prestação do serviço de telefonia básica.
Abstract This paper aims to analyze the changes introduced by the new model of telecommunications sector and its effects on the provision of landline telephony services in Rio Grande do Sul State. It discusses international experiences that supported the restructuring of the sector in Brazil. It presents the legal basis and Brazilian telecommunication model's major features, such as the creation of the regulatory agency, the opening and segmentation of the market for competition, price-cap, tariff policy without subsidies for landline telephony, universal access goals and quality targets. After a detailed survey of CRT's (a landline telephony dealership) data, it evaluates the outcomes of the establishment of the model in Rio Grande do Sul State. The research results show that the population of Rio Grande do Sul and CRT have lost, because of the private consortium and the omission of Anatel (Brazilian National Telecommunication Agency). Hence, the landline telephony model was not appropriate to the provision of basic telephony's services.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/97662
Arquivos Descrição Formato
000915182.pdf (533.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.