Repositório Digital

A- A A+

Economia comportamental e paternalismo libertário : uma revisão das origens e críticas ao Nudge

.

Economia comportamental e paternalismo libertário : uma revisão das origens e críticas ao Nudge

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Economia comportamental e paternalismo libertário : uma revisão das origens e críticas ao Nudge
Autor Adamczyk, Willian Boschetti
Orientador Pôrto Júnior, Sabino da Silva
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Behavioral economics
[en] Cognitive biases
[en] Libertarianism
[en] Libertarian paternalism
[en] Nudge
[en] Paternalism
Resumo Este trabalho apresenta o conceito de políticas públicas e privadas a partir do Paternalismo Libertário como formulado por Thaler e Sunstein além de exemplos ilustrativos de aplicações práticas que estão sendo feitas em diversos países: o exemplo da Cafeteria, os programas de estímulo à poupança para previdência Save More Tomorrow, e a aplicação de nudges em políticas de combate à pobreza. Serão expostos os elementos que constituem a proposta: o papel da Economia Comportamental e os vieses cognitivos sistemáticos que são alvo de nudges, além dos conceitos de Paternalismo e Libertarianismo utilizados pelos autores para caracterizar a proposta. Por fim, será apresentado o debate em torno das principais críticas, a possibilidade de slippery slopes, a sua transparência do ponto de vista da eficiência em preservar a autonomia dos indivíduos e suas possíveis implicações éticas, assim como a discussão sobre a proposta representar um oximoro ao não estar de acordo com a ordem espontânea libertária.
Abstract This work presents the concept of public and private policy from Libertarian Paternalism as formulated by Thaler and Sunstein, besides illustrative examples of practical applications that are being made in several countries: the example of the Cafeteria, the program of incentives to increase retirement savings as Save More Tomorrow, and the application of nudges to poverty reduction policies. There will be presented the elements that constitute the proposal: the role of Behavioral Economics and the systematic cognitive bias that are targets to nudges, such as the concepts of Paternalism and Libertarianism considered by the authors to characterize the proposal. Last but not least, the debate on the main critics, like the possibility of slippery slopes, the transparency from the point of view of preserving the individual’s autonomy and its possible ethics implications, as the discussion about the proposal being considered an oxymoron for its non-alignment with the libertarian spontaneous order.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/97701
Arquivos Descrição Formato
000915726.pdf (737.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.