Repositório Digital

A- A A+

O papel contracíclico dos bancos públicos federais após a eclosão da crise financeira de 2008 : uma análise a partir de Minsky

.

O papel contracíclico dos bancos públicos federais após a eclosão da crise financeira de 2008 : uma análise a partir de Minsky

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O papel contracíclico dos bancos públicos federais após a eclosão da crise financeira de 2008 : uma análise a partir de Minsky
Autor Favero, Michael Prudencio
Orientador Dathein, Ricardo
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Economic policy
[en] Financial crisis
[en] Minsky
[en] Public banks
Resumo A monografia realiza uma avaliação da atuação do sistema financeiro público federal brasileiro ao longo do período imediatamente posterior ao contágio sofrido pela economia brasileira pela crise financeira internacional. Utiliza-se como referencial teórico a Hipótese da Instabilidade Financeira para mostrar como se constitui a fragilidade intrínseca do capitalismo, e apresentam-se os caminhos apontados por Minsky para mitigá-la. A fim de verificar o potencial explicativo do arcabouço teórico minskyano, realiza-se uma análise do processo de gestação e eclosão da crise financeira global de 2007-2008. Posteriormente, avaliam-se os canais de contágio da crise internacional para a economia brasileira e quais foram os meios adotados pelo governo brasileiro para reduzir seus efeitos. Partindo da noção minskyana de Big Government, evidencia-se o quão relevante foi a atuação das instituições bancárias públicas para o enfrentamento do recente abalo financeiro global. Por fim, analisa-se a magnitude da ação contracíclica operada pelo sistema financeiro público nacional durante o período mais crítico da crise.
Abstract This dissertation assesses the performance of the Brazilian national financial system throughout the period immediately after the contagion suffered by the Brazilian economy due to the international financial crisis. It uses the Financial Instability Hypothesis as theoretical framework to demonstrate how the intrinsic fragility of capitalism is constituted, and presents the paths pointed by Minsky to mitigate this fact. In order to verify the explicative potential of Minsky’s theory, an analysis of the management process and outbreak of the global financial crisis of 2007-2008 is carried out. The work later evaluates the contagion channels of the international crisis for Brazilian economy and the means adopted by the Brazilian government in order to reduce its effects. Based on the minskyan notion of Big Government, the work demonstrates the relevance of the performance of public banking institutions in facing the recent global financial shock. The work ultimately analyses the magnitude of the countercyclical action operated by the national financial system during the most critical phase of the crisis.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/97707
Arquivos Descrição Formato
000915446.pdf (570.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.