Repositório Digital

A- A A+

A aprendizagem nas práticas dos técnicos de enfermagem de um Centro de Material e Esterilização à luz da estética organizacional

.

A aprendizagem nas práticas dos técnicos de enfermagem de um Centro de Material e Esterilização à luz da estética organizacional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A aprendizagem nas práticas dos técnicos de enfermagem de um Centro de Material e Esterilização à luz da estética organizacional
Autor Brock, Hortência
Orientador Antonello, Cláudia Simone
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Aprendizagem organizacional
Estetica organizacional
Etnografia
[en] Ethnography
[en] Material and sterilization center
[en] Organizational aesthetics
[en] Organizational learning
[en] Practices based learning perspective
Resumo O avanço das pesquisas sobre aprendizagem organizacional nas últimas décadas tem possibilitado o estudo do tema através de diferentes perspectivas. Aos tradicionais estudos cognitivistas e pragmáticos têm sido somados estudos menos utilitaristas, que procuram compreender a aprendizagem como um processo social e coletivo, não institucionalizado, mas dinâmico e presente nas práticas do cotidiano. Acompanhando estas linhas de pesquisa mais recentes, este estudo teve como objetivo compreender, sob a perspectiva da aprendizagem baseada em práticas e da teoria da estética organizacional, como ocorrem os processos de aprendizagem dos técnicos de enfermagem que atuam em um centro de material e esterilização – CME - de um hospital. Os sujeitos de pesquisa foram vinte e dois técnicos de enfermagem que atuavam no CME de um hospital, que concordaram em participar do estudo e assinaram termo de consentimento livre e esclarecido. O método de pesquisa escolhido foi a etnografia pela oportunidade de utilização da técnica da observação participante, a qual possibilita que o pesquisador se aproxime da realidade dos sujeitos obtendo um entendimento mais profundo dos fenômenos. A observação participante ocorreu durante seis meses e as visitas ao campo foram realizadas duas vezes por semana com suporte de diário de campo, fotografias e pesquisa documental. A análise interpretativa dos dados foi realizada durante todo o trabalho de campo e após a sua conclusão. Através da análise das práticas predominantes no cotidiano de trabalho do grupo pesquisado, foi possível compreender que a aprendizagem ocorria em ação, durante as rotinas de trabalho, às vezes sob o auxílio verbal de colegas mais experientes, às vezes apenas através da observação. Experimentando e praticando os profissionais testavam diferentes conexões de práticas até que, em uma negociação coletiva, encontravam aquelas que melhor atendiam as suas necessidades, (re) organizando, assim, o conjunto de práticas socialmente compartilhadas em um processo dinâmico e contínuo denominado knowing. Para desempenhar as tarefas do CME, os técnicos de enfermagem precisavam educar o corpo (inclusive as faculdades perceptivas da visão, tato e audição) e a mente, pois apesar de aparentarem predominantemente físicas, as tarefas exigiam um grande esforço cognitivo, principalmente em relação à atenção, memória, raciocínio rápido e senso de organização. A pesquisa apontou que o processo de aprendizagem dos técnicos de enfermagem que atuam no CME é um processo complexo e dinâmico, em que os saberes são constituídos nas práticas de trabalho impulsionados pelas necessidades do grupo as quais surgem no decorrer das rotinas de trabalho.
Abstract The advancement of research on organizational learning over the recent decades has stimulated approaches to this matter from different perspectives. Besides traditional cognitive and pragmatic studies, less utilitarian studies have sought to understand learning as a social and collective process - not institutionalized, but dynamic and present in everyday practices. Aligned with most recent lines of research, this study aims to account from a practices based learning perspective and on the organizational aesthetics theory, how the learning process of nursing technicians working in a hospital’s material and sterilization center (CME) takes place. The subjects were twenty-two nursing technicians working in a hospital’s CME, who agreed to participate in this research and signed a consent form. The method was ethnography, since it gives room for the participant observation technique, which enables the researcher to approach the subject’s to obtain a deeper understanding of the phenomena. Participant observation took place for six months, and field visits were conducted twice a week with data being collected from field journals, photographs, and documentary research. Interpretative analysis of the data was performed during field work and after its completion. By the analysis of prevailing practices in the group's everyday work, it was possible to understand that learning occurred along action, during routine work, sometimes with the verbal assistance of more experienced colleagues, sometimes just through observation. By experiencing and practicing, the professionals tested diverse practice connections until they could find, with collective bargaining, those that could meet their needs best, thereby (re) organizing the set of socially shared practices in a dynamic and ongoing process socalled knowing. In order to accomplish their tasks at the CME, nursing technicians needed to educate the body (including their perceptive faculties of sight, touch, and hearing) and mind, for despite appearing to be predominantly physical, the tasks required a great cognitive effort, especially regarding health care, memory, quick wit, and sense of organization. The research pointed out that the learning process of nursing technicians working in a CME is a complex and dynamic process, in which knowledge consists of working practices driven by collective needs arising from routine work.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/97717
Arquivos Descrição Formato
000920421.pdf (3.370Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.