Repositório Digital

A- A A+

O processo decisório na transição agroecológica dos agricultores da cooperativa leoboqueirense de agricultores familiares

.

O processo decisório na transição agroecológica dos agricultores da cooperativa leoboqueirense de agricultores familiares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O processo decisório na transição agroecológica dos agricultores da cooperativa leoboqueirense de agricultores familiares
Autor Valent, Joice Zagna
Orientador Schmidt, Veronica
Co-orientador Machado, Joao Armando Dessimon
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios. Programa de Pós-Graduação em Agronegócios.
Assunto Cooperativa agrícola
Cooperativismo
Ecologia vegetal
Tomada de decisão
[en] Agroecology
[en] Change productive system
[en] Cooperatives
[en] Decision making
[en] Planning
Resumo Este estudo analisa o processo decisório dos cooperados, ocorrido na transição agroecológica da Cooperativa Leoboqueirense de Agricultores Familiares - COOPERLAF. Esta Cooperativa está em fase de mudança do sistema produtivo: da agricultura convencional para a produção agroecológica de alimentos. Para embasar este trabalho, os princípios de planejamento e a Teoria da Decisão foram usados como principais fundamentos científicos. As teorias da Mudança, Cooperativismo e Agroecologia foram aplicadas de modo complementar. O ponto de partida da presente pesquisa foi o seguinte questionamento: qual o fluxo do processo decisório empreendido na transição agroecológica da Cooperativa? O objetivo geral foi caracterizar o processo decisório na mudança de sistema produtivo das propriedades rurais então integrantes da Cooperativa. Em nível específico, foram formulados os objetivos a seguir: ordenar os fatores que influenciaram os cooperados para a mudança, identificar fontes de informações que orientaram o processo decisório empreendido, elencar dificuldades e vantagens encontradas durante a transição agroecológica, descrever percepções dos agricultores sobre implicações da mudança e verificar se o processo de mudança fundamentou-se em teorias do planejamento. Este estudo classifica-se como uma pesquisa exploratória e descritiva, com tratamentos quantitativo (estatística descritiva) e qualitativo (análise de conteúdo) dos dados. Estes são de origem primária, pois foram realizadas entrevistas com todos os cooperados. Por meio dos resultados apresentados, pode-se dizer que a preocupação com a saúde foi o principal fator que influenciou a tomada de decisão. Quanto à fonte de informação, verificou-se como fonte inicial dos agricultores a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural – EMATER. A maior dificuldade encontrada pelos cooperados foi a aprendizagem de novas técnicas de manejo do solo. Em termos de vantagem, a mais relevante foi a preservação da saúde. Alguns agricultores relataram que falta organização na estrutura gerencial da Cooperativa. Nas percepções individuais os assuntos mais referenciados foram: conhecimento, comunicação e planejamento; resistência e mudança; saúde e renda. O estudo demonstrou que a tomada de decisão não seguiu rigorosamente as fases do processo de planejamento. Contudo, o comprometimento de todos na organização com o processo de gerenciamento da mudança foi essencial para o bom desempenho.
Abstract This study analyzes the decision process of cooperative participants, occurred on agroecological transition of Leoboqueirense Cooperative of Family Farmers. This Cooperative is in process of changing the production system: from conventional to agroecological food production. To support this work, the principles of planning and Decision Theory were used as the main scientific foundations. Theories of Change, Cooperatives and Agroecology were applied in a complementary manner. The research starting point was the following question: what flow of the decision making process undertook the Cooperative agroecological transition? The main objective was to characterize the decision making process used by members of Cooperative farms in the production system changing. Specifically, the following objectives were formulated: to order factors that influenced the cooperative to change, to identify information sources that guided the decision making process undertook, to list advantages and difficulties encountered during the agroecological transition, describing perceptions of farmers about the implications change and to verify if that the change process was based on planning theories. This study is classified as an exploratory and descriptive research with quantitative (descriptive statistics) and qualitative (content analysis) data treatments. These data has a primary origin, as all interviews were conducted with the Cooperative participants. Through the results, we could say that the concern about health was the main factor that influenced decision making. As to the information source, it was found Enterprise Technical Assistance and Rural Extension - EMATER as the initial source of farmers. The greatest difficulty encountered by the cooperative particiapnts was learning new techniques of soil management. In terms of advantages, the most important was the preservation of health. Some farmers reported that lack organization in the management structure of the Cooperative. Individual perceptions in the most referenced topics were: knowledge, communication and planning; resistance and change, health and income. The study showed that the decision making was not strictly followed the phases of the scientific planning process. However, the involvement of everyone in the organization with the process of change management is essential for good performance.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/97861
Arquivos Descrição Formato
000921751.pdf (923.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.