Repositório Digital

A- A A+

Aplicação de lodo de ETE de aterro industrial e o impacto na microbiota de solos e nas plantas

.

Aplicação de lodo de ETE de aterro industrial e o impacto na microbiota de solos e nas plantas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aplicação de lodo de ETE de aterro industrial e o impacto na microbiota de solos e nas plantas
Outro título Application of etp sludge from an industrial landfill and the impact on soil microbiota and plants
Autor Andrade, Leonardo Capeleto de
Orientador Camargo, Flavio Anastacio de Oliveira
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo.
Assunto Biodegradação
Lodo
Resíduo sólido
Resumo A destinação final ambientalmente adequada dos resíduos sólidos industriais é necessária para evitar os problemas decorrentes. A disposição destes resíduos no solo pode ser recomendada, dado o seu potencial corretivo e fertilizante. Os objetivos deste estudo foram avaliar o efeito no solo e na planta da adição de doses de lodo de ETE de um aterro industrial. Foram desenvolvidos dois experimentos, sendo um em laboratório com frascos respirométricos e outro em casa de vegetação com vasos, analisando a mineralização de carbono, hidrólise do diacetato de fluoresceína (FDA), pH, condutividade e teores de macro e micro-nutrientes em solo e plantas. Os valores de carbono mineralizado aumentaram com o tempo de incubação em função da adição do lodo. A redução do FDA nas menores doses de lodo indica redução na atividade enzimática com a adição deste resíduos. O pH aumentou excessivamente nas maiores doses, em função do grande valor de neutralização do lodo estudado. A condutividade elétrica do solo aumentou com a aplicação do lodo. De forma geral, a dose de lodo que causou menores impactos aos micro-organismos e plantas foi a 2 Mg ha-1, apresentando pouca, ou nenhuma, diferença em relação aos tratamentos controle ou testemunha. A atividade microbiana aumentou com a aplicação de doses de lodo. A aplicação de lodo, em pequenas doses, não causou danos significativos às plantas e foram observados aumentos nos teores de macro-nutrientes no tecido.
Abstract The safety-environmentally disposal of industrial solid waste is required to prevent further problems. The disposal of these wastes in soils can be recommended due its liming and fertilizer potential effect. The objectives of this study were to evaluate the effect on soil and plant, the addition of ETP sludge doses from an industrial landfill. Two experiments were conducted in laboratory and in greenhouse, analyzing carbon mineralization, hydrolysis of fluorescein diacetate (FDA), pH, conductivity and concentration of macro and micro - nutrients in soil and plants. The amounts of mineralized carbon increased with the incubation time due to the addition of the sludge. Reducing the FDA in the lowest doses of sludge indicated microbial stress with the waste addition. The pH increased excessively in larger doses, due to the large sludge value of neutralization. The electrical conductivity showed linear behavior, but not reaching critical values at the doses tested. In general, the dose of sludge that caused minor impacts to plants and micro-organisms was the dose of 2 Mg ha-1, showing little or no difference compared to other treatments or control. Microbial activity increased with the application of sewage sludge doses. The application of sludge in small doses, did not cause significant damage to plantas and increased the the levels of macro-nutrients in the tissue.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/98153
Arquivos Descrição Formato
000922387.pdf (803.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.