Repositório Digital

A- A A+

Achados audiológicos e eletrofisiológicos em crianças que sofreram acidente vascular cerebral

.

Achados audiológicos e eletrofisiológicos em crianças que sofreram acidente vascular cerebral

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Achados audiológicos e eletrofisiológicos em crianças que sofreram acidente vascular cerebral
Autor Barros, Sabrina da Silva
Orientador Sleifer, Pricila
Data 2014
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Especialização em Fonoaudiologia, ênfase Infância.
Assunto Acidente vascular cerebral
Audiologia
Criança
Eletrofisiologia
[en] Auditory perception
[en] Childhood
[en] Hearing
[en] Stroke
Resumo Objetivo: Analisar os achados audiológicos e eletrofisiológicos da audição em crianças que sofreram acidente vascular cerebral. Resultados: A amostra foi constituída por 21 crianças sendo 11 do sexo masculino e 10 do sexo feminino, estes foram submetidos a avaliação audiológica e eletrofisiológica. Sendo assim observou-se que 14 crianças, apresentaram lesão no hemisfério esquerdo, cinco no hemisfério direito e dois bilateral. Local da lesão, em oito crianças a lesão foi no córtex parietal, seis no subcortical. Na avaliação auditiva encontrou-se: limiares auditivos normais, índice percentual de reconhecimento de fala igual ou superior a 96%, curvas timpanométricas tipo A, reflexos acústicos contralaterais e ipsilaterais presentes, presença de emissões otoacústicas por produto de distorção em ambas as orelhas. No potencial auditivo de tronco encefálico, as latências absolutas e intervalos interpicos com latências normais a 80dBNA e limiares entre 15 e 20dBNA em ambas as orelhas. Conclusão: Pode-se concluir que os pacientes avaliados não apresentaram nenhuma alteração auditiva de nível periférico. Sendo assim observa-se a necessidade de realizar uma avaliação do Processamento Auditivo Central e pesquisa dos potenciais auditivos de longa latência.
Abstract Objective: To analyze the audiological and electrophysiological findings of hearing in children who have suffered stroke. Results: The sample comprised 21 children with 11 males and 10 females, these underwent audiological and electrophysiological evaluation . Thus it was observed that 14 children had lesions in the left hemisphere , five right hemisphere and two bilateral. Site of injury in the injury was eight children in the parietal cortex, subcortical in six . On hearing evaluation met : normal hearing , percentage index of speech recognition equal to or greater than 96% , type A tympanometric curve, contralateral and ipsilateral acoustic reflexes present , otoacoustic emission distortion products in both ears. In the auditory brainstem potential, absolute latencies and interpeak intervals with normal latencies and 80dBNA thresholds between 15 and 20dB HL in both ears. Conclusion: It can be concluded that the studied patients showed no hearing impairment of peripheral level. Therefore there is the need to conduct an assessment of central auditory processing and BAEP long latency.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/98306
Arquivos Descrição Formato
000922554.pdf (389.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.