Repositório Digital

A- A A+

Intoxicação espontânea por Sorghum sudanense em bovinos leiteiros do Rio Grande do Sul.

.

Intoxicação espontânea por Sorghum sudanense em bovinos leiteiros do Rio Grande do Sul.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Intoxicação espontânea por Sorghum sudanense em bovinos leiteiros do Rio Grande do Sul.
Outro título Spontaneous poisoning by Sorghum sudanense in dairy cattle in Rio Grande do Sul
Autor Juffo, Gregory Duarte
Pavarini, Saulo Petinatti
Wouters, Flademir
Oliveira, L.G.S.
Antoniassi, Nadia Aline Bobbi
Cruz, Claudio Estevao Farias da
Driemeier, David
Abstract Intoxicação espontânea por Sorghum sudanense em bovinos leiteiros no Rio Grande do Sul. Pesquisa Veterinária Brasileira 32(3):217-220. Setor de Patologia Veterinária, Faculdade de Veterinária, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Av. Bento Gonçalves 9090, Porto Alegre, RS 91540-000, Brazil. E-mail: davetpat@ufrgs.br An outbreak of Sorghum sudanense (Sudan grass) poisoning affected three cows from a dairy herd in Triunfo, Rio Grande do Sul, Brazil. Although S. sudanense has been used as a source of forage for cattle, sporadic poisoning occurs in association with management failures of these pastures. Cyanogenic glycosides present in the plant may form hydrogen cyanide through hydrolysis and may cause livestock poisoning. Twenty-nine Holstein cattle were allowed to graze in an 800m2 paddock, in which lush sprouts of sudanense were 30cm high. Animals were placed on pasture at evening and, in the next morning, most forage had been consumed and three cattle were found dead. No clinical disease was noticed. Except by the presence of chewed sudan grass leaves near to the entrance of the rumen, there were neither macroscopic nor microscopic changes, Samples of S. sudanense taken from different places in the paddock were positive when evaluated by the picrosod ic paper test. Such indings suggested that those three cows were affected by cyanide poisoning secondary to Sorghum sudanense consumption.
Resumo Descreve-se um surto de intoxicação espontânea por Sorghum sudanense (aveia de verão, capim-sudão) em um rebanho de bovinos leiteiros no município de Triunfo, Rio Grande do Sul. Essa planta é utilizada como forrageira em diversas regiões do estado; entretanto, intoxicações ocasionais são associadas com a formação de ácido cianídrico por hidrólise dos glicosídeos cianogênicos presentes na planta. Vinte e nove vacas Holandesas foram colocadas, no inal do dia, em um potreiro de 800m2, onde uma pastagem estabelecida de capim-sudão rebrotava e atingia 30cm de altura. Na manhã seguinte, quase todo pasto havia sido consumido e três vacas foram encontradas mortas. Não foram relatados sinais clínicos, mesmo porque os animais não foram observados durante a noite. Exceto pela presença de folhas mastigadas de capim-sudão nas proximidades da entrada do rúmen, não foram observadas alterações macro ou microssópicas. Amostras da planta de diferentes locais no potreiro foram positivas no teste do papel picrossódico. Esses achados sugerem que as três vacas foram afetadas por intoxicação cianídrica secundária ao consumo de Sorghum sudanense.
Contido em Pesquisa veterinária brasileira. Rio de Janeiro, RJ. V. 32, n. 3, (Mar. 2012), p. 217-220
Assunto Intoxicacao veterinaria : Bovinos
Sorghum
Toxicologia veterinaria : Bovinos
[en] Cattle
[en] Cyanogenic glycosides
[en] Plant poisoning
[en] Sorghum sudanense
[en] Sudan grass
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/98418
Arquivos Descrição Formato
000877245.pdf (1.319Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.