Repositório Digital

A- A A+

Construção e avaliação agronômica de genótipos de cornichão com respostas contrastantes à toxidez por alumínio

.

Construção e avaliação agronômica de genótipos de cornichão com respostas contrastantes à toxidez por alumínio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Construção e avaliação agronômica de genótipos de cornichão com respostas contrastantes à toxidez por alumínio
Outro título Construction and agronomic evaluation of birdsfoot trefoil genotypes with contrasting responses to aluminum toxicity
Autor Santos, Armando Martins dos
Dall'Agnol, Miguel
Janke, Aline
Bissani, Carlos Alberto
Santos, Luciana Carvalho dos
Leão, Marcos Laux de
Resumo Este trabalho foi realizado com o objetivo de selecionar e caracterizar genótipos de Lotus corniculatus com respostas contrastantes à toxidez por alumínio. Quatro cultivares (São Gabriel, San Gabriel, Draco, Estanzuela) e uma população (UFRGS) foram submetidas a duas seleções consecutivas em solos com 30-35% de saturação por alumínio. As seleções consistiram da separação de 1% dos indivíduos mais e menos vigorosos para obtenção de genótipos tolerantes e sensíveis, respectivamente. Os indivíduos selecionados foram comparados ao germoplasma de origem por avaliação agronômica. Os genótipos selecionados pela tolerância ao alumínio tóxico foram de modo geral superiores aos germoplasmas originais, enquanto aqueles selecionados pela sensibilidade parecem ter sido selecionados pelo menor vigor, pois foram inferiores ao germoplasma original, mesmo em situações de ausência de alumínio tóxico. Entre os genótipos selecionados, destacou-se o UFRGS selecionado para tolerância, que apresentou elevada produção de matéria seca, sendo superior aos demais genótipos. A realização de testes a campo e a multiplicação de sementes destes genótipos para posterior uso em áreas que apresentem esta limitação é necessária, particularmente para a população de UFRGS selecionada para tolerância ao alumínio.
Abstract The objective of this study was to select and characterize Lotus corniculatus genotypes with contrasting responses to toxicity by aluminum. Four cultivars (São Gabriel, San Gabriel, Draco, Estanzuela) and one population (UFRGS) were submitted to two consecutive selections in soils that presented 30-35% aluminum saturation. Selections consisted of separating 1% of the most and less vigorous individuals in order to obtain tolerant and sensitive genotypes, respectively. The individuals chosen were compared with the original germplasm by agronomical evaluation. Genotypes selected by tolerance to toxic aluminum were overall superior to the original populations. However, the materials chosen by sensitivity were inferior to the original populations even in situations where toxic aluminum was absent. Among the selected genotypes, the UFRGS selected for tolerance stood out, presenting an elevated dry matter production level – superior to all other genotypes. Field testing and seed multiplication of these genotypes for further use in areas that present this limitation is necessary, especially for the UFRGS population selected for tolerance to aluminum.
Contido em Revista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science [recurso eletrônico]. Viçosa, MG. Vol. 40, n. 12 (dez. 2011), p. 2690-2698
Assunto Cornichao
Forragem
Melhoramento genético vegetal
[en] Aluminum tolerance
[en] Breeding
[en] Lotus corniculatus
[en] Soil acidity
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/98437
Arquivos Descrição Formato
000826532.pdf (388.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.