Repositório Digital

A- A A+

É fácil tirar uma criança da rua, o difícil é tirar a rua da criança

.

É fácil tirar uma criança da rua, o difícil é tirar a rua da criança

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título É fácil tirar uma criança da rua, o difícil é tirar a rua da criança
Outro título It’s easy to take the child off the streets. It’s hard to take the street off the child
Autor Santana, Juliana Prates
Doninelli, Thaís M.
Frosi, Raquel V.
Koller, Silvia Helena
Resumo O presente estudo visa a descrever os principais objetivos de quatro instituições de atendimento a crianças em situação de rua segundo os seus coordenadores, assim como as concepções destes acerca da infância em situação de rua. Além disto, é investigada a percepção dos coordenadores sobre os objetivos dos jovens ao buscarem estas instituições e a relação que estes serviços estabelecem com a rua. Objetiva, ainda, descrever a avaliação que os coordenadores fazem do trabalho desenvolvido pelas suas instituições e pela rede especializada de serviços. Neste sentido, foram entrevistados seis coordenadores e vice-coordenadores de quatro instituições da cidade de Porto Alegre. Segundo os coordenadores, os objetivos institucionais são a reinserção social dos jovens atendidos, a defesa dos direitos dessa população, assim como o fornecimento das condições básicas de sobrevivência. Os coordenadores avaliam de forma positiva a forma de funcionamento em rede, apontando as principais dificuldades e os pontos a serem aprimorados.
Abstract The present study aimed to describe the main goals of four service centers for street children, according to their coordinators, as well as the coordinators ideas concerning childhood in the streets. Moreover, it aimed to investigate the perception of the coordinators about the youths’ objectives for accessing these service centers and the relationship these services develop with the street context. This study aimed also to describe the evaluation these coordinators make of the work developed by their centers and by the network of services. Six institutional coordinators of four service settings of Porto Alegre were interviewed. According to the coordinators, the institutional objectives are the youths' social reengagement, the defense of the rights of such population, as well as supply basic survival conditions for them. The coordinators evaluated in a positive way the network functioning, and pointed out the main difficulties and the possible ways to improve it.
Contido em Psicologia em estudo. Maringá. Vol. 10, n. 2 (maio/ago. 2005), p. 165-174
Assunto Adolescente
Criança
Moradores de rua
Populacoes de risco
Serviço social
[en] Institutional coordinators
[en] Service institutions
[en] Street children and adolescents
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/98526
Arquivos Descrição Formato
000492465.pdf (119.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.