Repositório Digital

A- A A+

Expectativas e sentimentos de pais em relação ao bebê durante a gestação

.

Expectativas e sentimentos de pais em relação ao bebê durante a gestação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Expectativas e sentimentos de pais em relação ao bebê durante a gestação
Outro título Fathers’ expectations and feelings regarding their baby during pregnancy
Autor Piccinini, Cesar Augusto
Levandowski, Daniela Centenaro
Gomes, Aline Grill
Lindenmeyer, Daniela
Lopes, Rita de Cassia Sobreira
Resumo Conforme o referencial psicanalítico, a relação pai-bebê estabelecida durante o período gestacional, por meio da construção de uma imagem mental do bebê e da interação entre ambos, tem importante consequência para a relação pai-filho(a) após o nascimento. Assim, o objetivo deste estudo foi investigar as expectativas e os sentimentos de futuros pais em relação ao seu bebê. Participaram deste estudo 35 pais que esperavam seu primeiro filho, com idades entre 21 e 40 anos, e que viviam com a mãe do bebê. Os pais foram entrevistados individualmente em sua residência. A análise de conteúdo qualitativa das entrevistas revelou que poucos pais referiram dificuldades para imaginar o bebê. De forma geral, os pais já haviam construído uma imagem mental do bebê, incluindo suas características físicas e psicológicas, bem como o sexo. Além disso, haviam participado da escolha do nome e manifestaram preocupações quanto à saúde da criança.
Abstract According to the psychoanalytical, theoretical framework, the father-infant relationship established during pregnancy, through the construction of a mental image of the infant and through father-infant interaction, has important consequences for the father- -infant relationship after the birth. The aim of this study was to investigate the expectations and feelings of the father-to-be regarding his baby. Thirty-five first-time fathers, aged 21 to 40, who lived with the baby’s mothers, participated in this study. The mothers were all primiparas. The fathers were interviewed individually at home. An analysis of qualitative content revealed that few fathers reported difficulties in imagining the baby. In general, they showed that they had already constructed a mental image of the baby, imagining its physical and psychological characteristics, as well as its sex. They also participated in the choice of the baby’s name and expressed concerns as to the child’s health.
Contido em Estudos de psicologia. Campinas. Vol. 26, n.3 (jul./set. 2009), p. 373-382
Assunto Emoção
Expectativas
Gravidez
Paternidade
[en] Baby
[en] Emotions
[en] Expectations
[en] Fatherhood
[en] Pregnancy
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/98782
Arquivos Descrição Formato
000725674.pdf (363.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.