Repositório Digital

A- A A+

Sigam-me os bons : apuros e aflições nos enfrentamentos ao regime da heteronormatividade no espaço escolar

.

Sigam-me os bons : apuros e aflições nos enfrentamentos ao regime da heteronormatividade no espaço escolar

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sigam-me os bons : apuros e aflições nos enfrentamentos ao regime da heteronormatividade no espaço escolar
Outro título Follow me, the good ones : trouble and sorrow in confronting heteronormativity in the school environment
Autor Seffner, Fernando
Resumo Este artigo aborda os desafios enfrentados quando se busca modificar os regimes de desigualdade na escola envolvendo atributos de gênero e sexualidade. Utiliza-se a etnografia de cenas escolares em três escolas públicas de Porto Alegre, as quais são palco de ações autoclassificadas como de “combate à homofobia”, “respeito pela diversidade” e “inclusão para todos”. Não se trata de fazer uma avaliação das políticas públicas, uma vez que há pouca envergadura do trabalho de campo, mas a reflexão sobre o que foi observado e relatado tem importância como insumo de monitoramento e avaliação das ações, bem como para estimular a reflexão teórica acerca das categorias conceituais em que tais ações se baseiam. O texto está estruturado em três unidades. Na primeira, percorre-se parte da complexa discussão conceitual e política que hoje envolve categorias como diferença, diversidade, inclusão, igualdade e desigualdade, em articulação com as categorias do campo específico: gênero, sexualidade e masculinidades no espaço escolar. Na segunda unidade, explicita-se o método de etnografia de cenas escolares, situando o contexto das escolas e dos grupos de alunos. A terceira narra algumas cenas, articulando seu conteúdo com questões de ordem teórica e com diretrizes de políticas públicas vigentes na área. A principal hipótese aqui desenvolvida é de que as ações escolares parecem querer valorizar a diversidade sem tocar no estatuto da heteronormatividade, o que compromete seu alcance.
Abstract This paper addresses the challenges one faces when attempting to change the basis of inequality in school associated with attributes of gender and sexuality. Ethnographic procedures are utilized to describe school scenes in three public schools in the city Porto Alegre, which are the stage where actions self-rated as intended to “fight homophobia”, “respect towards diversity” and “inclusion of all”. The aim is not evaluate public policies, since there is little span of field work, instead the reflection on what has been observed and reported is important as an input for monitoring and assessing actions, as well as to stimulate theoretical thinking about the conceptual categories on which such actions are based. The text is structured in three units. The first one deals with the complex conceptual and political discussion that currently involves categories such as difference, diversity, inclusion, equality and inequality, in articulation with the specific field categories: genders, sexuality and masculinities in the school environment. The second unit brings the ethnographic method for school scenes, assigning the context of the schools and groups of students. The third unit narrates some scenes and articulates their contents with theoretical issues and guidelines of the public policies currently in force for the subject. The main hypothesis developed herein is that school actions seem to praise diversity without touching the status of heteronormativity, which adversely affects its outreach.
Contido em Educação e pesquisa. São Paulo, SP. Vol. 39, n. 1 (jan./abr. 2013), p. 145-159
Assunto Diversidade sexual
Gênero
Heterossexualidade
Políticas públicas
[en] Gender diversity
[en] Heteronormativity
[en] Public policies
[en] School
[en] Sexual diversity
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/98919
Arquivos Descrição Formato
000881973.pdf (188.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.