Repositório Digital

A- A A+

Transição para a parentalidade no contexto de cardiopatia congênita do bebê

.

Transição para a parentalidade no contexto de cardiopatia congênita do bebê

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Transição para a parentalidade no contexto de cardiopatia congênita do bebê
Outro título Transition to parenthood in the context of congenital heart disease
Autor Kruel, Cristina Saling
Lopes, Rita de Cassia Sobreira
Resumo O estudo objetivou investigar o processo de transição para a parentalidade no contexto de cardiopatia congênita do bebê. Participaram do estudo quatro casais, cujos filhos nasceram com malformação cardíaca. Utilizou-se delineamento de estudo de caso coletivo. Mãe e pai foram entrevistados sobre os primeiros momentos após o nascimento do bebê e a experiência da maternidade e da paternidade, respectivamente. Análise de conteúdo indicou que o diagnóstico de cardiopatia do bebê interfere no processo de parentalização. Destacou-se a intensa preocupação das mães com a sobrevivência dos bebês, evidenciada por meio da dedicação exclusiva a eles. Os pais demonstram-se envolvidos com seus filhos, assumindo também a tarefa de proteger as mães. Conclui-se que os sentimentos relativos à parentalidade focalizaram-se na sobrevivência do bebê.
Abstract This study investigated the transition to parenthood in the context of an infant’s congenital heart disease. Four couples with a baby suffering from this disease participated in this study. A collective-case study was used. Mothers and fathers were individually interviewed concerning the first moments following the baby’s birth and the experience of motherhood and fatherhood. Content analysis indicated that the diagnosis of the baby’s heart disease interfered in the parentalization process. The intense maternal concern regarding the baby’s survival manifested itself through exclusive dedication to the baby. Fathers were involved with their infants, and also assumed the task of protecting the mothers. It can be concluded that the feelings regarding parenthood focused on the question of the baby’s survival.
Contido em Psicologia : Teoria e Pesquisa. Brasilia. Vol. 28, n.1 (jan./mar. 2012), p.35-43.
Assunto Bebê
Cardiopatias congênitas
Maternidade
Paternidade
[en] Congenital heart malformation
[en] Fatherhood
[en] Hospitalization
[en] Motherhood
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/98959
Arquivos Descrição Formato
000859776.pdf (327.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.