Repositório Digital

A- A A+

Avaliação e internacionalização da educação superior : quo vadis América Latina?

.

Avaliação e internacionalização da educação superior : quo vadis América Latina?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação e internacionalização da educação superior : quo vadis América Latina?
Outro título Evaluation and internationalization of higher education : quo vadis latin america?
Outro título Evaluación e internacionalización de la educación superior : ¿ quo vadis américa latina ?
Autor Leite, Denise Balarine Cavalheiro
Genro, Maria Elly Herz
Resumo Este artigo apresenta os temas da avaliação, acreditação e internacionalização das instituições de educação superior de América Latina e Caribe. Discute os cânones da globalização e da mercadorização da educação superior, contextos nos quais se estabelecem as políticas de avaliação. Apresenta as imbricações entre os conceitos de hegemonia, imperialismo e globalização neoliberal que sustentam sua compreensão. A seguir, levanta evidências sobre a constituição e ‘práticas’ de um novo imperialismo, o imperialismo benevolente, que está a produzir as estratégias do Processo de Bolonha com vistas à formação de uma zona comum de educação superior formada por América Latina, Caribe e União Europeia. Há atores hegemônicos que sustentam estes interesses. Demonstra a seguir, a existência de suas ações na indução de relações entre agências de acreditação e avaliação, entre redes de agências, entre projetos para o estabelecimento de indicadores institucionais globais que redundam em procedimentos para internacionalização das instituições de educação superior. Ao final, argumenta que as políticas têm consequências sobre os caminhos futuros da educação superior latino-americana porque geram novos modelos de instituições e induzem à formação de valores que negam o fortalecimento do espaço público e a reinvenção de subjetividades democráticas.
Abstract This paper discuss the themes of evaluation, accreditation and internationalization of higher education institutions of Latin America and Caribbean. The canons of globalization and commodification of higher education, contexts in which are established policies for evaluation, are discussed. The relations between the concepts of hegemony, imperialism and neoliberal globalization that sustain their understanding are also presented. Next, raises evidence of a ‘ practice ‘ of a new imperialism, benevolent imperialism, that is producing the strategies of the Bologna process with a view to the formation of a common area of higher education formed by Latin America, Caribbean and European Union. There are actors that sustain these hegemonic interests. The existence of their actions in the induction of inter-agency relations, accreditation and evaluation agency networks, between projects for the establishment of global institutional indicators that implies procedures for internationalization of higher education institutions are showed. In the end, it argues that policies have consequences on the higher education future in Latin America and Caribbean because they generate new types of institutions and induce the formation of values that can deny the public space and the reinvention of democratic subjectivities.
Resumen Este artículo presenta los temas de evaluación, acreditación e internacionalización de las instituciones de educación superior de América Latina y el Caribe. Discute los cánones de la globalización y la mercantilización de la educación superior, contextos en los cuales se establecen políticas de evaluación. Presenta las imbricaciones entre los conceptos de hegemonía, imperialismo y globalización neoliberal que sustentan su comprensión. A continuación, indica elementos de la ‘práctica’ de un nuevo imperialismo, imperialismo benevolente, que está produciendo las estrategias del proceso de Bolonia con miras a la formación de un espacio común de educación superior formado por América Latina, el Caribe y la Unión Europea. Hay actores que sustentan a estos intereses hegemónicos. Se demuestra la existencia de sus acciones en la inducción de relaciones entre agencias y redes interinstitucionales de acreditación y evaluación, con proyectos para el establecimiento de indicadores de evaluación globales lo que implica en procedimientos para la internacionalización de las instituciones de educación superior. Al final, argumenta que las políticas tienen consecuencias sobre los caminos futuros de la educación superior en América Latina y Caribe porque generan nuevos tipos de instituciones e inducen a una formación de valores que niegan el fortalecimiento del espacio público y la reinvención de subjetividades democráticas.
Contido em Avaliação : revista da avaliação da educação superior (Campinas). Vol. 17, n. 3 (nov. 2012), p. 763-785
Assunto América Latina
Avaliação da educação
Ensino superior
[en] Accreditation networks
[en] Benevolent imperialism
[en] Evaluation policies
[en] Higher education
[en] Internationalization
[es] Educación superior
[es] Imperialismo benevolente
[es] Internacionalización
[es] Políticas de evaluación
[es] Redes de acreditación
Tipo Capítulo de livro
URI http://hdl.handle.net/10183/98968
Arquivos Descrição Formato
000872139.pdf (1.550Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.