Repositório Digital

A- A A+

Distribuição de radioisótopo inalatório com ventilação mecânica não invasiva em indivíduos com pulmão normal

.

Distribuição de radioisótopo inalatório com ventilação mecânica não invasiva em indivíduos com pulmão normal

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Distribuição de radioisótopo inalatório com ventilação mecânica não invasiva em indivíduos com pulmão normal
Autor Maccari, Juçara Gasparetto
Orientador Knorst, Marli Maria
Data 2013
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Pneumológicas.
Assunto Administração por inalação
Radioisótopos
Ventilação não invasiva
Resumo Base Teórica: A exacerbação de doenças pulmonares obstrutivas, tais como a doença pulmonar obstrutiva crônica ou a asma, frequentemente exige suporte ventilatório e administração de broncodilatadores. Existem poucos estudos sobre a oferta de drogas inalatórias em pacientes necessitando de ventilação mecânica, especialmente ventilação não invasiva. Objetivo: Determinar o efeito da ventilação espontânea e da ventilação não invasiva na distribuição pulmonar de radioisótopo Tecnécio99m em indivíduos com pulmão normal. Pacientes e métodos: Treze indivíduos saudáveis foram submetidos à nebulização com tecnécio99m durante ventilação espontânea e ventilação não invasiva com pressão positiva contínua – CPAP (10 cmH2O) e com dois níveis de pressão positiva – BiPAP (pressões inspiratória e expiratória de 15 e 5 cmH2O, respectivamente), em ordem randomizada. A deposição do aerossol foi avaliada por cintilografia pulmonar 10 minutos após a inalação. Foram medidas regiões de interesse nos pulmões esquerdo, direito e na traqueia, sendo calculada uma razão entre a deposição pulmonar e traqueal. Resultados: Todos os participantes tinham provas de função pulmonar normais e toleraram o uso da ventilação não invasiva. Cada indivíduo realizou a inalação nos três modos ventilatórios, sendo cada um o seu próprio controle. Não foi encontrada diferença entre a deposição no pulmão direito, no pulmão esquerdo ou na traqueia nos três modos estudados. Também não foi encontrada diferença quando calculada a relação entre a deposição periférica (pulmão direito + esquerdo) e central (traqueia). Conclusão: De acordo com os nossos resultados, a deposição de substâncias inaladas em indivíduos com pulmão normal é equivalente quando comparado ventilação espontânea com ventilação não invasiva com o uso de CPAP ou BiPAP.
Abstract Rationale: The exacerbation of obstructive lung diseases, such as chronic obstructive pulmonary disease or asthma, often requires ventilatory support and administration of bronchodilators. There have been few reports of factors affecting aerosol delivery during noninvasive ventilation (NIV). Objective: To determine the effect of spontaneous breathing and non-invasive ventilation mode on 99m-Technetium lung deposition in subjects with normal lungs. Patients and Methods: Thirteen healthy volunteers were submitted to a randomized radioaerosol nebulization with 99m-Technetium during spontaneous breathing, continuous positive airway pressure – CPAP (10 cmH2O) and bilevel positive pressure ventilation – Bilevel (inspiratory/expiratory pressures of 15/5 cmH2O). The radioaerosol deposition was evaluated by pulmonary scintigraphy after 10 minutes of inhalation. Regions of interest (ROI) were outlined on left lung (LL) and right lung (RL) and trachea (TRQ). The average number of counts per pixel in each ROI was determined and the ratio of lung and trachea was calculated. Results: All participants had normal pulmonary function tests and tolerated the use of noninvasive ventilation. Each subject performed the inhalation in the three ventilation modes, each being his own control. There was no difference between the means of radioaerosol deposition in the RL, LL or TRQ, as well as in the lung calculated ratio [LCR = (RL + LL) / TRQ], when the different ventilatory strategies were compared. Conclusions: Based on our data, there is an equivalent deposition of inhaled substances in individuals with healthy lungs when spontaneous breathing, CPAP and Bilevel are compared.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/99163
Arquivos Descrição Formato
000930560.pdf (1.015Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.