Repositório Digital

A- A A+

Comparação de técnicas de reconstrução do ligamento cruzado anterior em pacientes com restrição da mobilidade do quadril : dupla banda versus banda simples associado a tenodese extraarticular

.

Comparação de técnicas de reconstrução do ligamento cruzado anterior em pacientes com restrição da mobilidade do quadril : dupla banda versus banda simples associado a tenodese extraarticular

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comparação de técnicas de reconstrução do ligamento cruzado anterior em pacientes com restrição da mobilidade do quadril : dupla banda versus banda simples associado a tenodese extraarticular
Autor Zimmermann Júnior, José Mauro
Orientador Gomes, João Luiz Ellera
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Medicina: Ciências Cirúrgicas.
Assunto Amplitude de movimento articular
Joelho
Ligamento cruzado anterior
Quadril
Ruptura
[en] Anterior cruciate ligament reconstruction
[en] Articular
[en] Knee
[en] Range of motion
[en] Rupture
[en] Treatment outcome
Resumo Introdução: Estudos têm mostrado que, pelo menos em jogadores de futebol, a diminuição da amplitude de movimento do quadril homolateral tem uma influência significativa na ocorrência de lesão do LCA, com alta incidência de rerrupturas especialmente após reconstrução em banda simples. Esse estudo objetiva comparar a capacidade de duas técnicas cirúrgicas de prevenir a rerruptura do LCA em jogadores de futebol com a articulação do quadril homolateral limitada (soma de rotação interna e externa <60°). Materiais e Métodos: Esse estudo foi um ensaio clínico randomizado prospectivo. Trinta atletas de futebol do sexo masculino (idade média de 22 anos, variando de 18 a 28 anos), com rupturas por não contato do LCA, foram alocados aleatoriamente em dois grupos. Os critérios de inclusão foram lesão ligamentar isolada do LCA, soma das rotações do quadril homolateral abaixo de 60° e ser jogador de futebol profissional ou semi-profissional. Os critérios de exclusão englobaram dor persistente no quadril ou história de fratura ou cirurgia prévia em qualquer segmento do membro inferior. Um grupo foi submetido à reconstrução combinada intra e extra-articular (GIE), enquanto o outro foi tratado com reconstrução dupla banda com enxertos do semitendinoso e grácil (GDB). Resultados: Nos dois anos de acompanhamento de cada paciente, ocorreram três rerrupturas no GDB contra nenhuma no GIE. Nos 27 atletas com reconstruções intactas, a quantidade de instabilidade residual no exame físico e no Rolimeter® foram os mesmos. Conclusão: Nossos achados mostram que, em dois anos de acompanhamento, a incidência de rerruptura, embora não tenha sido a mesma, não apresentou diferença significativa entre as técnicas de reconstrução intra + extraarticular e dupla banda do LCA em pacientes atletas com articulação do quadril homolateral restrita.
Abstract Introduction: Studies have shown that, at least in soccer players, decreased ipsilateral hip range of motion has a significant influence on the occurrence of anterior cruciate ligament (ACL) injury, with a high incidence of re-ruptures especially after single-bundle reconstruction. This study aimed to compare the ability of two surgical techniques to prevent re-rupture of the ACL in soccer players with ipsilateral restricted hip joints (sum of internal and external rotation < 60°). Materials and Methods: The study was a prospective randomized clinical trial. Thirty male soccer players (mean age, 22 years; range, 18-28) with noncontact ACL ruptures were allocated to two groups. Inclusion criteria were isolated ACL injury, ipsilateral hip range of rotation below 60°, and being a professional or semi-professional soccer player. Exclusion criteria were persistent hip pain or history of any fracture or previous surgery of the lower limb. One group underwent a combined intra- plus extra-articular reconstruction (IEG), while the other was treated with double-bundle reconstruction (DBG) with semitendinosus and gracilis grafts. All patients were followed up for two years after surgery. Results: At two-year follow-up of each patient, there were three re-ruptures in the DBG vs. none in the IEG. In the 27 athletes with intact reconstructions, the amount of residual instability in the physical examination and Lachman test was about the same. Conclusion: Our findings demonstrate that, in two years of follow-up, the incidence of rerupture, although not the same, showed no significant difference between intra- plus extraarticular and double-bundle ACL reconstruction techniques in patients with ipsilateral restrained hip joints.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/99170
Arquivos Descrição Formato
000930653.pdf (4.273Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.