Repositório Digital

A- A A+

Efeito de pré-infusões uterinas sobre a fertilidade de marrãs (Sus scrofa domestica, Linnaeus, 1758)

.

Efeito de pré-infusões uterinas sobre a fertilidade de marrãs (Sus scrofa domestica, Linnaeus, 1758)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efeito de pré-infusões uterinas sobre a fertilidade de marrãs (Sus scrofa domestica, Linnaeus, 1758)
Outro título The effect of intrauterine sensitilization on gilt (Sus scrofa domestica, Linnaeus, 1758) fertility
Autor Bortolozzo, Fernando Pandolfo
Wentz, Ivo
Scheid, Isabel
Guidoni, Antonio Lourenco
Resumo o objetivo deste estudo foi investigar o efeito da pré-sensibilização uterina com antígenos espermáticos ou seminais sobre a fertilidade da marrã de reposição. Cento e quarenta e uma marrãs cruzadas pré-púberes com 160-165 dias de idade foram alojadas. O estro foi induzido pela aplicação de PMSG-hCG no alojamento. A detecção de estro foi realizada duas vezes ao dia com o auxílio do macho. As pré-infusões uterinas foram realizadas 24 horas após o início do estro no primeiro e segundo estro. As marrãs foram agrupadas em 5 diferentes tratamentos: espermatozóides mortos (EM, n = 29), plasma seminal (PS, n = 29), plasma seminal e espermatozóides mortos (PS + EM, n = 28), solução salina fisiológica (SS, n = 28) e controle (n = 27). Marrãs que sempre apresentaram reflexo de tolerância ao macho (RTM) positivo no momento da infusão foram analisadas separadamente (Grupo I) daquelas que tiveram no mínimo uma vez um RTM negativo no momento da infusão (Grupo 2). Somente uma inseminação artificial (IA) foi realizada 24 horas após a manifestação do RTM no terceiro cio. Aos 28-32 dias após a IA, as marrãs foram abatidas e os fetos e corpos lúteos foram contados. No Grupo I, a taxa de prenhez do grupo PS (100%) foi superior (p<0,05) ao controle (90%), PS +EM (90,9%) e SS (80%), entretanto foi similar à do EM (92,9%). No grupo 2, não ocorreram diferenças entre os grupos (p<O,05). Não houve diferenças entre os tratamentos com relação à taxa ovulatória, taxa de perda embrionária e número de embriões viáveis. Os resultados sugerem que melhora significativa causada pela pré-sensibilização uterina possa ser observada somente se, por alguma outra razão, os índices reprodutivos do rebanho deixassem a desejar.
Abstract The objective of this study was to investigate the effect.of uteritie presensitilation with sperm or seminal antigens on replacement gilt fertility. One hundred and lbrty one hybrid-gilts at the age of 160-165 clays were houscd. Oestrus was induced with PMSG and hCG injectioti at housing. Oestrus dete.etion was done twice daily tising a boar. Intrauterine preinfusions were performcd 24 . hours after the onsct of oestrus ai the first and second oestrus. Groups of gins were subjected to 5 different treatments: dead sperm (DS, n = 29), seminal plasma (SP, n =.29), seminal plasma and. dead sperm (SP DS, n =28), physiological salino solution (SS, n =28) and control (n = 27). Gilas which always had a positive backpressure test (BPT) ai infusion time were analysed separately (Group 1) from those which had at least one negative BPT at infusion time (Group 2). Only one artificial inseminátion (AI) wasperformed 24 hours aRu the ()riso: .of the B PT at the third oestrus. Twenty-eight to thirty-two daysalter Al the gilas were slaughtered, fetuses andcorpora luta countal, In the group 1 the pregnaney rates by SP gilas (100%) was signilirantly (p<0.05) superior than the control (90%), SP + DS (90.9%) and SS (80%), hoWe ver was similar to DS (92.9%) infu.sed gilts, In the group 2 there: were no differenceS (p<0.05) among groups. There was no difference among treatments with regard to the ovulittion rates, number of normal embryos and embryonic loss rates. Theseresúlts.suggest that any significam improvement caused by uterin presensitization mightonly be observed when overall herd reproductive indexes are low.
Contido em Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science. Vol. 36, n. 2 (1999)
Assunto Reprodução animal : Suínos
[en] Fertility
[en] Marrã
[en] Uterus
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/99235
Arquivos Descrição Formato
000295906.pdf (1.168Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.