Repositório Digital

A- A A+

Atividade antimicrobiana de Tagetes minuta L. - Compositae (Chinchilho) frente a bactérias Gram-positivas e Gram-negativas.

.

Atividade antimicrobiana de Tagetes minuta L. - Compositae (Chinchilho) frente a bactérias Gram-positivas e Gram-negativas.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atividade antimicrobiana de Tagetes minuta L. - Compositae (Chinchilho) frente a bactérias Gram-positivas e Gram-negativas.
Outro título Antimicrobial activity of Tagetes minuta L. - Compositae (Chinchilho) against Gram-positive and Gram-negative bacteria
Autor Souza, Claudia Ache Saldanha de
Wiest, Jose Maria
Avancini, Cesar Augusto Marchionatti
Resumo O decocto de Tagetes minuta L. - Compositae - (Chinchilho) foi submetido a testes de diluição serial com técnica de tubos múltiplos para determinação de atividade antimicrobiana - expressa em Concentração Inibidora Minima (CIM) e Concentração Bactericida Mínima (CBM) frente a diferentes diluições de inóculos de bactérias Gram-positives (Staphylococcus aureus, Enterococcus faecium) e Gram-negativas (Salmonella Gallinarum e Escherichia coli). A analise estatistica dos resultados mostrou, para parte das combinações concentrações do decocto/diluições do inóculo, que Staphylococcus, Enterococcus e Salmonella tern maior sensibilidade ao decocto como antimicrobiano, demonstrando Ka° de seletividade. E. coli demonstrou-se praticamente resistente a atividade antimicrobiana do decocto, mesmo reduzindo-se a concentração de seu inóculo abaixo de 10 4 ufc/nil. Confirma-se assim o atributo antisséptico, conferido popularmente ao decocto de Tagetes minuta (Chinchilho), sugerindo-se a possibilidade da sua utilização como antisséptico/desinfetante em situações-problemas especificas em sande e ern producdo animal, relacionadas aos agentes testados, adequando-se inclusive a situações de carência de recursos econômicos ou de exclusão econômico-social.
Abstract The decoct of Tagetes minuta L. - Compositae (Chinchilho) was submitted to serial dilutions in vitro for testing with the multiple tubes technique its antimicrobial activities - expressed by Minimum Inhibitory Concentration (MIC) and Minimum Bactericide Concentration (MBC)-, to different concentrations of Gram-positive (Staphylococcus aureus, Enterococcus faecium) and Gram-negative (Salmonella Gallinarum, Escherichia coli) bacteria inocula. The statistical analysis showed, for part of decoct concentration / bacterial dilution combinations, that Staphylococcus, Enterococcus and Salmonella had major antimicrobial sensitivity to decoct, demonstrating selective action. Escherichia revealed resistance to antimicrobial activities of the decoct, also under 104cfu/m1 inoculation levels. These data confirm the antiseptic qualities conferred to Tagetes minuta (Chinchilho) decoct by folks. It is possible to use either this product as antiseptic or disinfectant in animal health and production problematic-situations such as lack of resources or social economic exclusion.
Contido em Brazilian Journal Veterinary Researche Animal Science. São Paulo. Vol. 37, n. 6 (dez. 2000), p. 429-433
Assunto Atividade antimicrobiana
Chinchilho
Farmacognosia
Tagetes minuta
[en] Activity
[en] Antiinfective agents
[en] Antiseptics
[en] Disinfectants
[en] Tagetes minuta
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/99239
Arquivos Descrição Formato
000386049.pdf (1.334Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.