Repositório Digital

A- A A+

New species of Temnocephala Blanchard (Platyhelminthes, Temnocephalida) ectosymbiont on giant water bugs, Belostoma spp. (Hemiptera, Belostomatidae) fom southern Brazil

.

New species of Temnocephala Blanchard (Platyhelminthes, Temnocephalida) ectosymbiont on giant water bugs, Belostoma spp. (Hemiptera, Belostomatidae) fom southern Brazil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título New species of Temnocephala Blanchard (Platyhelminthes, Temnocephalida) ectosymbiont on giant water bugs, Belostoma spp. (Hemiptera, Belostomatidae) fom southern Brazil
Outro título Nova espécie do gênero Temnocephala Blanchard (Platyhelminthes,Temnocephalida) ectosimbionte sobre baratas d´água, Belostoma spp. (Hemiptera, Belostomatidae) da região sul do Brasil
Autor Amato, Jose Felipe Ribeiro
Amato, Suzana Bencke
Abstract A new species of Temnocephala Blanchard, 1849 is described from southern Brazil, ectosymbiont on giant water bugs (aquatic hemipterans), Belostoma spp. from the greater Porto Alegre, State of Rio Grande do Sul. Some hemipterans examined were positive for this species of Temnocephala and carried bunches of eggs between the first two pairs of legs and between the first pair of legs and the rostrum, as well as adult and young specimens. The adults were darkly pigmented (greenish-brown), mimetizing the color of the hemipteran hosts. The new species is similar to Temnocephala decarloi Moretto, 1978, from Argentina, the only other species of Temnocephala from belostomatid hemipterans known to date, by having an extra long and curved cirrus, but differs by having the distal portion of the introvert not bent as a ‘full-bent’ smoking pipe-like, as the author depicted originally for T. decarloi.
Resumo Uma nova espécie de Temnocephala Blanchard, 1849 é descrita para o sul do Brasil, ectosimbionte sobre baratas-d’água (hemípteros aquáticos), Belostoma spp. da região metropolitana de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul. Vários hemípteros examinados estavam positivos para esta espécie do gênero Temnocephala, inclusive com posturas sempre localizadas na face ventral entre os dois primeiros pares de apêndices locomotores, e entre o primeiro par de pernas e o rostro. Espécimes adultos e jovens de tamanhos variados também foram sempre encontrados na face ventral do hemíptero. Os vermes adultos eram pigmentados (marrom-esverdeado), mimetizando a cor do exoesqueleto de seus hospedeiros. A nova espécie é semelhante à Temnocephala decarloi Moretto, 1978, descrita da Argentina, única espécie conhecida do gênero já encontrada sobre hemípteros belostomatídeos, por ter um cirro extremamente longo e curvo, mas difere desta por ter a porção distal do ‘introvert’ sem a forma típica de um cachimbo (‘fullbent’) como ilustrada pelo autor na descrição original.
Contido em Revista Brasileira de Zoologia. São Paulo. Vol. 22, n.1 (mar. 2005), p. 107-118
Assunto Taxonomia animal
Temnocephalida
[en] Ectocommensals
[en] Neotropical
[en] Rio Grande do Sul
[en] South america
[en] Taxonomy
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/99245
Arquivos Descrição Formato
000530544.pdf (1.076Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.