Mostrar el registro sencillo del ítem

dc.contributor.authorAraújo, Cláudio Vieirapt_BR
dc.contributor.authorTorres, Robledo de Almeidapt_BR
dc.contributor.authorCosta, Claudio Napolispt_BR
dc.contributor.authorTorres Filho, Rodolpho de Almeidapt_BR
dc.contributor.authorAraújo, Simone Inoept_BR
dc.contributor.authorLopes, Paulo Sáviopt_BR
dc.contributor.authorRegazzi, Adair Josept_BR
dc.contributor.authorPereira, Carmen Silvapt_BR
dc.contributor.authorCobuci, Jaime Araújopt_BR
dc.contributor.authorSarmento, José Lindenberg Rochapt_BR
dc.date.accessioned2015-11-09T16:31:10Zpt_BR
dc.date.issued2006pt_BR
dc.identifier.issn1516-3598pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/129239pt_BR
dc.description.abstractRegistros de produção de leite de 68.523 controles leiteiros de 8.536 vacas da raça Holandesa, filhas de 537 reprodutores, distribuídas em 266 rebanhos, com parições nos anos de 1996 a 2001, foram utilizados na comparação de modelos de regressão aleatória, para estimação de componentes de variância. Os modelos de regressão aleatória diferiram entre si pelo grau do polinômio de Legendre utilizado para descrever a trajetória da curva de lactação dos animais. Os modelos incluíram os efeitos rebanho-mês-ano do controle, composição genética dos animais, freqüência de ordenhas diárias, regressão polinomial em cada classe de idade-estação de parto para descrever a parte fixa da lactação e regressão polinomial aleatória relacionadas aos efeitos genético direto e de ambiente permanente. As estimativas de herdabilidade obtidas oscilaram de 0,122 a 0,291. Verificou-se que o modelo de regressão aleatória que utilizou a maior ordem para os polinômios de Legendre descreveu melhor a variação genética da produção de leite, de acordo com o critério de Akaike.pt_BR
dc.description.abstractData comprising 68,523 test day milk yield of 8,536 cows of the Holstein breed, daughters of 537 sires, distributed in 266 herds, calving from 1996 to 2001, were used to compare random regression models, for estimating variance. Test day records (TD) were analyzed by different random regression models regarding the function used to describe the trajectory of the lactation curve of the animals. Legendre orthogonal polynomials function of second, third and fourth order were used. The random regression models included the effects of herd-month-year of the control, genetic group of the animals; the frequency of the daily milk; regression coefficients for each class of age-season (in order to describe the fixed part of the lactation curve) and random regression coefficients related to the direct genetic and the permanent environmental effects. The heritability estimates obtained using the random regression models ranged from 0.122 to 0.291. The random regression model which used the fourth order Legendre polynomials was the model which better described the genetic variation of the milk yield, according to AIC test.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofRevista brasileira de zootecnia= Brazilian journal of animal science, Viçosa, MG. Vol. 35, n. 3 supl. (maio/jun. 2006), p. 967-974pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectheritabilityen
dc.subjectProdução leiteirapt_BR
dc.subjectGenética animalpt_BR
dc.subjectgenetic parametersen
dc.titleUso de funções ortogonais para descrever a produção de leite no dia de controle por meio de modelos de regressão aleatóriapt_BR
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb000572581pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Ficheros en el ítem

Thumbnail
   

Este ítem está licenciado en la Creative Commons License

Mostrar el registro sencillo del ítem