Show simple item record

dc.contributor.authorFan, Fernando Mainardipt_BR
dc.contributor.authorPontes, Paulo Rógenes Monteiropt_BR
dc.contributor.authorCollischonn, Walterpt_BR
dc.contributor.authorBuarque, Diogo Costapt_BR
dc.date.accessioned2016-12-16T02:16:37Zpt_BR
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.issn1982-4351pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/150108pt_BR
dc.description.abstractPrevisões de vazão de médio prazo, que são geradas utilizando um modelo chuva-vazão forçado por previsões numéricas de precipitação, são muito úteis para a antecipação de eventos hidrológicos. Tradicionalmente estas previsões eram geradas de forma determinística, porém na última década o movimento por geração de previsões de vazão por conjunto vem ganhando força. No meio termo entre estas duas técnicas (determinísticas e por conjunto) o uso da informação de persistência de previsões determinísticas de vazão para a tomada de decisões, usando ela como uma medida do grau de incerteza dos resultados aparenta ser uma estratégia interessante. Esta pesquisa investiga justamente estes possíveis benefícios do uso da persistência, das previsões como informação de incerteza. Os resultados sugerem que o uso da previsão com base na persistência apresenta vantagens sobre a previsão simples determinística nos horizontes de previsão mais distantes.pt_BR
dc.description.abstractMedium-range streamflow forecasts, which are generated using rainfall-runoff models forced by numerical precipitation predictions, are very useful for the anticipation of hydrological events. Traditionally these predictions are deterministic, but in the last decade the movement for generating ensemble streamflow forecasts has been gaining strength. In the middle ground between these two techniques (deterministic and ensembles) the use of persistence information from deterministic streamflow forecasts for decision making, using it as an uncertainty measurement, appears to be an interesting strategy. This research investigates precisely these possible benefits of using forecasts based on persistence as uncertainty information measurement. Results suggest that the use of forecasts based on persistence have advantages over single deterministic forecasts on the higher lead times.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofRevista Brasileira de Meteorologia. São Paulo, SP. Vol. 31, n. 2 (abr./jun. 2016), p. 218-228pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectHydrological forecastingen
dc.subjectPrevisao hidrologicapt_BR
dc.subjectPersistenceen
dc.subjectModelo MGB-IPHpt_BR
dc.subjectEnsemble forecastingen
dc.subjectPrevisao de vazoespt_BR
dc.subjectPrevisãopt_BR
dc.titleSobre o uso da persistência de previsões determinísticas de vazão para a tomada de decisãopt_BR
dc.title.alternativeOn the use of deterministic streamflow forecasts persistence for decision making en
dc.typeArtigo de periódicopt_BR
dc.identifier.nrb001008181pt_BR
dc.type.originNacionalpt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record