Show simple item record

dc.contributor.authorSilva, Marcia Carcuchinski dapt_BR
dc.contributor.authorBordin, Ronaldopt_BR
dc.date.accessioned2017-02-11T02:25:09Zpt_BR
dc.date.issued2015pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/151535pt_BR
dc.description.abstractOBJETIVO: comparar o atendimento em saúde preconizado e o ofertado aos participantes da Copa do Mundo de Futebol 2014 da cidade de Porto Alegre/RS. Método: análise de uma série de documentos de acesso público, notadamente os padrões recomendados pelo Ministério da Saúde (MS), as atas e os relatórios das reuniões das Câmaras Temáticas Nacional e Estadual de Saúde e os dados disponíveis quanto aos atendimentos em saúde realizados durante o evento. Resultados: o planejamento e o atendimento em saúde disponibilizado atenderam ao preconizado pelo MS (10% dos viajantes necessitariam de atendimento médico em um período de 30 dias) e foram suficientes para a demanda gerada pelo evento (0,001% dos participantes). Conclusão: planejamento e a atuação integrados entre os setores públicos e privados contribuíram para esse resultado e que a experiência contribuiu para a qualificação dos gestores do SUS com relação ao atendimento em saúde nos megaeventos.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdf
dc.language.isoporpt_BR
dc.relation.ispartofGestão em saúde no Rio Grande do Sul : casos, análises e práticas. Porto Alegre, RS : Evangraf, 2015. p. 11-47pt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectPlanejamento em saúdept_BR
dc.subjectSaúde públicapt_BR
dc.subjectEventos esportivos : Organizaçãopt_BR
dc.subjectCopa do mundo : 2014pt_BR
dc.titleAtendimento em saúde na copa do mundo de futebol 2014 em Porto Alegre (RS) : uma comparação entre o previsto e o ofertadopt_BR
dc.typeCapítulo de livropt_BR
dc.identifier.nrb001010586pt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record