Show simple item record

dc.contributor.advisorCunha, Andre Moreirapt_BR
dc.contributor.authorXavier, Nathaly Silvapt_BR
dc.date.accessioned2009-06-04T04:13:08Zpt_BR
dc.date.issued2008pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10183/16011pt_BR
dc.description.abstractO desenvolvimento chinês e a sua ascensão como ator chave no sistema internacional é uma das principais questões nas relações internacionais atuais. As teorias de Paul Kennedy e John Mearsheimer destacam as modificações na esfera econômica que antecedem as alterações no equilíbrio de poder mundial e constituem importante ferramenta de análise para a trajetória chinesa. Do ponto de vista econômico, o seu crescimento acelerado, ainda que baseado em uma estratégia de industrialização que precisa ser revista, consolida o seu papel na economia internacional, ao mesmo tempo em que cria a necessidade de a China expandir suas relações em direção à América Latina e à África. O seu projeto de "desenvolvimento pacífico", aliado a uma condução mais pragmática da sua política externa, norteiam a estratégia chinesa de inserção política internacional. Os crescentes gastos militares de Pequim colocam em dúvida as intenções pacíficas do país e alimentam a idéia da "ameaça chinesa". O objetivo deste trabalho é analisar esses fatores políticoeconômicos da ascensão chinesa, e verificar em que medida tal ascensão altera a configuração de poder no sistema internacional.pt
dc.description.abstractThe China's development and its rise as key player in the international system is one of the main issues in the international relations today. The theories of Paul Kennedy and John Mearsheimer highlight the modifications on economic sphere that precede the changes on the world power balance and constitute important tool to analyze the Chinese path. From the economic point of view, its accelerated growth, even if based on a strategy of industrialization that needs to be revised, consolidated its role on international economy, while also creating the need for China to expand its relations towards Latin America and Africa. Its "peaceful development" project, combined with a more pragmatic conduction of its foreign policy, guide the Chinese strategy of international politic insertion. The increasing military spending by Beijing put in question the peaceful intentions of the country and maintains the "China threat" idea. The purpose of this study is to analyze these political-economics factors of the China's rise and verify how this rise modifies the power configuration in the international system.en
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsOpen Accessen
dc.subjectEconomic developmenten
dc.subjectDesenvolvimento econômicopt_BR
dc.subjectRelações internacionaispt_BR
dc.subjectInternational systemen
dc.subjectPeaceful riseen
dc.subjectChinapt_BR
dc.titleO gigante asiático : aspectos político-econômicos da ascensão chinesa (2001-2007)pt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.identifier.nrb000685609pt_BR
dc.degree.grantorUniversidade Federal do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Ciências Econômicaspt_BR
dc.degree.localPorto Alegre, BR-RSpt_BR
dc.degree.date2008pt_BR
dc.degree.graduationRelações Internacionaispt_BR
dc.degree.levelgraduaçãopt_BR


Files in this item

Thumbnail
   

This item is licensed under a Creative Commons License

Show simple item record